Biografia, História e Colonialismo: o caso de João Albasini (1876-1922)

  • Thiago Henrique Sampaio

Resumo

Ao final do século XIX e primeira década do XX começaram a se desenvolver uma imprensa oriunda de uma elite negra local em Moçambique. Esse grupo buscava denunciar os abusos, corrupções e desleixos da administração colonial lusitana em território moçambicano. Um deste periódicos foi “O Africano”, que surgiu em 1908 como propriedade do Grêmio Africano de Lourenço Marques e durou até 1919. Um dos seus diretores foi João Albasini que foi um importante jornalista no momento que viveu e um ferrenho crítico a atuação colonialista em Moçambique. Além disso, sua obra O livro da dor (1925), lançada postumamente, marca o início da literatura nacional Moçambicana. O presente trabalho buscar discutir as potencialidades de pesquisa existente dentro da trajetória de vida de João Albasini e a sua atuação como diretor e escritor em “O Africano” dessa forma perceberemos as potencialidades literárias, históricas e sociais presentes em sua escrita.

Palavras-chaves: Imprensa em África; João Albasini; O Africano; Colonialismo.

Publicado
2022-03-31
Seção
Artigos