Boletim Historiar https://seer.ufs.br/index.php/historiar <p><strong>Foco e Escopo</strong></p> <p>A revista eletrônica&nbsp;<strong>Boletim Historiar</strong>&nbsp;(Qualis A4) é um periódico científico de acesso aberto, editado pelo&nbsp;<strong>Grupo de Estudos do Tempo Presente (GET/UFS/CNPq),</strong> radicado no Departamento de História da Universidade Federal de Sergipe (UFS). A revista aceita trabalhos de graduados, pós-graduandos, professores e pesquisadores da área de <strong>História</strong>. Informamos a todos os interessados em apresentar&nbsp;<strong>artigos e resenhas</strong>&nbsp;para publicação que os mesmos são recebidos em&nbsp;<strong>fluxo contínuo</strong>. Não cobramos nenhuma taxa de processamento de artigos.</p> <p><strong>E-ISSN</strong>: 2357-9145</p> pt-BR Boletim Historiar 2357-9145 Os signos emocionais e a gestão das paixões políticas: sobre os (des)usos dos símbolos nacionais no governo Bolsonaro https://seer.ufs.br/index.php/historiar/article/view/18552 <p><strong>Resumo:</strong> O artigo investiga os signos emocionais e a gestão das paixões políticas por meio dos usos e desusos dos símbolos nacionais. Pretende analisar especificamente como Jair Bolsonaro manejou os signos emocionais na gestão política desde sua campanha eleitoral, acompanhando sua trajetória política desde que se tornou vereador do Rio de Janeiro em 1988 até a sua chegada à presidência da república, em 2018. Para tanto, foi realizado levantamento de registros de sua atuação política no acervo no jornal Folha de São Paulo interpretados à luz de aspectos mais amplos da história política do Brasil. Este trabalho pretende contribuir para a compreensão da gestão das paixões políticas unindo-se aos interessados no estudo dos sentimentos e dos afetos que têm sido insistentemente relegados pela história política clássica.<br><strong>Palavras-chave:</strong> Símbolos nacionais; paixões políticas; Governo Bolsonaro; Brasil.</p> Diéssika Costa Silva Gilberto Cézar de Noronha Copyright (c) 2022 Boletim Historiar 2022-12-31 2022-12-31 9 04 A Venezuela no Tempo Presente e o debate conceitual entre análise do discurso político, as concepções de Revolução e o conceito Revolucionário para Hugo Chávez https://seer.ufs.br/index.php/historiar/article/view/18553 <p><strong>Resumo:</strong> O objetivo do trabalho é iniciar traçando um panorama sobre a Venezuela nos últimos trinta anos, com foco para os impactos após a inserção das medidas neoliberais, como foi a reação da população e como ocorreram as manifestações populares contra o pacote de medidas neoliberais. Na segunda parte, o objetivo é traçar um debate teórico-metodológico acerca das concepções da análise do discurso político, pontuando as ferramentas necessárias para a construção e análise. No terceiro ponto, o objetivo será formular o debate teórico a respeito do conceito de Revolução, e suas variações ao longo da história. Por fim, utilizar todos esses pontos para analisar os discursos de Hugo Chávez, e buscar compreender suas concepções a respeito do processo revolucionário do processo da Revolução Bolivariana.<br><strong>Palavras-chave:</strong> Venezuela; Análise de Discurso; Revolução; Hugo Chávez.</p> Maria Cllara Barbieri Farinha Marrafa Copyright (c) 2022 Boletim Historiar 2022-12-31 2022-12-31 9 04 A Bolívia no Tempo Presente: o governo de Evo Morales (2006-2019) e a ruptura institucional de novembro de 2019 https://seer.ufs.br/index.php/historiar/article/view/18554 <p><strong>Resumo:</strong> A renúncia da presidência por Evo Morales, em novembro de 2019, foi um reflexo da perda de apoio popular nas ruas. A disputa da narrativa sobre esse evento fez com que ocorressem debates nos meios acadêmicos. Longe de esgotar a discussão acerca do tema, o presente artigo se destina a debater a trajetória sobre os acontecimentos que levaram a ruptura institucional de 2019, bem como se debruçar sobre a trajetória política de Evo Morales. O trabalho se coloca pertinente à História do Tempo Presente e suas contribuições para a análise da sociedade boliviana de uma perspectiva histórica. Para tanto, foram utilizadas contribuições teóricas e historiográficas de autores referenciados no referido debate, e como fonte é utilizado documentos oficiais do governo e de instituições e notícias de periódicos.<br><strong>Palavras-chave:</strong> Bolívia; América Latina; golpe de Estado.</p> Mayara de Oliveira Jardim Copyright (c) 2022 Boletim Historiar 2022-12-31 2022-12-31 9 04 Louise de Coligny e a liberdade de consciência nos Países Baixos https://seer.ufs.br/index.php/historiar/article/view/18555 <p><strong>Resumo:</strong> Os Países Baixos experimentaram duas importantes fases em sua historiografia religiosa quinhentista e seiscentista: a busca por liberdade religiosa e o processo de confessionalização. Essa república ficou conhecida na temática da liberdade de consciência por conta de alguns expoentes masculinos, tais como Guilherme de Orange, Dirck V. Coornhert e Jacó Armínio. O presente artigo, além de apresentar um sumário das contribuições desses homens, explora com mais atenção as contribuições da Sra. Louise de Coligny e os efeitos de suas ideias durante o governo de seu filho, Frederico Henrique, para com grupos religiosos que não eram tolerados, tais como os remonstrantes e os menonitas. Trata-se de uma contribuição original que visa revisitar a historiografia da tolerância religiosa neerlandesa a partir da contribuição feminina.<br><strong>Palavras-chave:</strong> Louise de Coligny; Liberdade de Consciência; Países Baixos; Remonstrantes.</p> Vinicius Couto Copyright (c) 2022 Boletim Historiar 2022-12-31 2022-12-31 9 04 O Ensino de História no Ensino Fundamental I: entendendo a história ensinada em uma turma de 5º ano no interior do Rio Grande do Norte a partir de um caderno de professor (2019) https://seer.ufs.br/index.php/historiar/article/view/18556 <p><strong>Resumo:</strong> O presente trabalho parte da intenção de analisar a história ensinada em uma turma de 5º ano da Escola Municipal Antonio Carlos de Paiva, situada no interior do Rio Grande do Norte. Para atingir esse objetivo, utilizamos como fonte o caderno de planejamento do professor da turma. E, a partir desse objeto, conseguimos analisar os seguintes elementos: as escolhas de conteúdo e atividades, o planejamento concretizado, o grau de protagonismo dos alunos almejado pelo professor e a dimensão programada para cada conteúdo. Nesse sentido, conseguimos perceber como as atividades relativas ao Ensino de História durante o ano letivo daquela turma ia além do que era programado apenas para as aulas de História, sendo isso um resultado da cultura escolar da instituição e da própria trajetória do professor.<br><strong>Palavras-chave:</strong> Ensino de História; Caderno escolar; Cultura escolar; Ensino Fundamental I.</p> Rebeca Nadine de Araújo Paiva Copyright (c) 2022 Boletim Historiar 2022-12-31 2022-12-31 9 04 The Hungarian Legend Ferenc Puskás Historical moments, performance and memory in the Arab world https://seer.ufs.br/index.php/historiar/article/view/18557 <p><strong>Abstract:</strong> Little known in Hungary is the recognition and popularity that Hungarian sporting legend Ferenc Puskás enjoys in the Arab world today. The latter is not only due to his undoubtedly unrivalled footballing skills and his performances for the Hungarian national team and Real Madrid. His years as a coach in Saudi Arabia and Egypt, during which he repeatedly managed to achieve the maximum that the conditions of the time allowed him, have also played a decisive role. The aim of this study is to give a brief account of the life story of the football star and his relations with Egypt, as well as a summary of the events and experiences of his time in Saudi Arabia and Egypt, with particular reference to the repercussion in the Arab media. Among the media sources we relied on to compile this paper, we can list the Egyptian weekly Sabah Al-Kheir, the independent daily Elwatan, Egypt's largest opposition daily Al-Wafd, the Kuwaiti daily Al-Jarida, and the state-backed UAE electronic newspaper Al-Ain, in addition to several entrusted portals and websites.</p> <p><strong>Keywords:</strong> Ferenc Puskás; Hungary; Football, Real Madrid.</p> Zoltán Prantner Abdallah Abdel-Ati Al-Naggar Copyright (c) 2022 Boletim Historiar 2022-12-31 2022-12-31 9 04 Passageiros da Tempestade: os fascismos e o tempo presente https://seer.ufs.br/index.php/historiar/article/view/18558 Diego Leonardo Santana Silva Copyright (c) 2022 Boletim Historiar 2022-12-31 2022-12-31 9 04