“CAMINHO SE FAZ AO ANDAR”: POEMA DE CHILE E LOS REINOS DORADOS

Resumo

Estudo comparado das obras Poema de Chile, da chilena Gabriela Mistral, publicado em 1967, e Los Reinos Dorados, de autoria do boliviano Homero Carvalho, publicado em 2007, à luz da teoria épica do discurso, de Silva, e de reflexões sobre o deslocamento histórico-geográfico como forma dual de autoconhecimento e de mapeamento da terra pátria, com destaque para a função do/a guia. A abordagem, dialogando com especialistas, levará em consideração a tradição do expansionismo colonizador, contrapondo-a ao expansionismo nacionalista, evidenciando os traços próprios das duas epopeias latino-americanas e o resgate de um epos que realiza o simbólico apagamento da conquista da terra pela força bélica e aculturadora para colocar em cena o resgate mítico da Mãe Terra e da Mãe Água, que resulta de viagens motivadas pelo encontro simultaneamente amoroso e crítico com a pátria chilena e a pátria boliviana, respectivamente.

PALAVRAS-CHAVE: Epopeia. Expansionismo. Los Reinos Dorados. Poema de Chile. Guia.

Biografia do Autor

Christina Ramalho, Universidade Federal de Sergipe - UFS

Doutora em Letras (UFRJ, 2004), Professora Associada do Curso de Letras do campus Itabaiana da UFS. Site: https://www.researchgate.net/profile/Christina-Ramalho.

Gisela Reis de Gois, Universidade Federal de Sergipe - UFS

Doutora em Letras (PPGL/UFS). Membro do Centro Internacional Multidisciplinar em Estudos Épicos (CIMEEP/UFS).

Referências

ALIGHIERI, D. A Divina Comédia. Trad. Cristiano Martins. Belo Horizonte: Villa Rica, 1991.

BELLINI, G. Nueva historia de la literatura hispanoamericana. Madrid: Editorial Castalia, 1997.

CARVALHO OLIVA, H. Los Reinos Dorados. Série La Mancha. Santa Cruz de la Sierra: La Hoguera, 2007.

CARVALHO OLIVA, H. Quipus. Bolívia: Editorial 3600, 2014.

CARVALHO OLIVA, H. Os Reinos Dourados. Trad. Saulo Gomes de Souza. Fortaleza: Editora Cintra, 2020.

FONSECA, D. R. Los Reinos Dorados, poesia, história ficção e mito. Revista Igarapé. Literatura, Educação e Cultura: Caminhos da Alteridade, n. 3, p. 349-357, 2014. Disponível em: https://www.periodicos.unir.br/index.php/igarape/article/view/892. Acesso em 23 dez. 2020.

GRUZINSKI, S. A colonização do imaginário. Sociedades indígenas e ocidentalização no México espanhol. Séculos. XVI-XVIII. Trad. Beatriz Perrone-Moisés. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

LEONARDOS, S. Rapsódia Sergipana. Aracaju: Secretaria de Estado da Cultura, 1995.

MAFFESOLI, M. Sobre o nomadismo. Vagabundagens pós-modernas. Rio de Janeiro: Record, 2001.

MISTRAL, G. Poema de Chile. Santiago de Chile: Editorial Universitária, 1997.

MONTES, H.; ORLANDI, J. Historia y antologia de la literatura chilena. Santiago de Chile: Editorial Zig-Zag, 1969.

PLAGNARD, A. La Araucana. Epopeia/poema épico. Revista Épicas. São Cristóvão, CIMEEP/UFS, Número Especial 2, p. 133-137, 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.47044/2527-080X.2020vE2

RAMALHO, C. Los Reinos Dorados. Epopeia/poema épico. Revista Épicas. São Cristóvão, CIMEEP/UFS, Número especial 3, p. 271-290, 2020, DOI: https://dx.doi.org/10.47044/2527-080X.2020vE3.

RAMALHO, C. Poema de Chile. Epopeia/poema épico. Revista Épicas. São Cristóvão, CIMEEP/UFS, Número Especial 2, p. 196-202, 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.47044/2527-080X.2020vE2.

RAMALHO, C. Divina Commedia. Epopeia/poema épico. Revista Épicas. São Cristóvão, CIMEEP/UFS, Número Especial 2, p. 116-121, 2019, DOI: http://dx.doi.org/10.47044/2527-080X.2020vE2.

RAMALHO, C. Do lúdico ao épico, a voz da terra. Gabriela Mistral. In: RAMALHO, C. Elas escrevem o épico. Florianópolis: Editora Mulheres; EDUNISC, 2005, p. 79-92.

RAMALHO, C. Vozes épicas: história e mito segundo as mulheres. Rio de Janeiro: UFRJ, 2004. Tese de Doutorado, 825 p.

TODOROV, T. A conquista da América: a questão do outro. Trad. Beatriz Perrone-Moisés. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

Publicado
2021-05-20
Seção
Leituras temáticas: da ficção contemporânea à lírica feminina