UMA GALEGA, UMA PORTUGUESA, UMA POLONESA: ALGUMAS FIGURAÇÕES FEMININAS

  • Maria Lúcia Dal Farra

Resumo

Este artigo traz um estudo panorâmico e comparativo sobre a vida e aobra de três escritoras de nacionalidades diferentes:  Rosália de Castro, galega,Florbela Espanca, portuguesa, e Maria Pawlikowska-Jasnorzewska, polonesa.Rosalía é responsável pelo ressurgimento literário da língua galega; FlorbelaEspanca inaugura uma poesia feminina sem antecedentes na história da literaturaportuguesa; e  Maria Pawlikowska-Jasnorzewska foi laureada em 1937,  com altoprêmio da Academia Polonesa de Literatura. As duas primeiras emergem dumambiente provinciano e compartilham os mesmos infortúnios familiares. Já apolonesa, desde cedo, por ter tido uma formação artística, apresenta certaindependência de meios e modos. Em comum, elas apresentam uma formaparticularizada de fazer literatura.
Seção
EDIÇÃO ESPECIAL: Escritoras de Língua Portuguesa