O mundo dos Beatos: a força da utopia no nordeste sertanejo

  • Luitgarde Oliveira Cavalcanti Barros Antropóloga. Doutorado em Ciências Sociais - PUC/SP; Pós-Doutorado em Antropologia - UNICAMP.; Pós-Doutorado em Ciência da Literatura- UFRJ. Professora aposentada da UFRJ e da UERJ.
Palavras-chave: Padre Mestre Ibiapina, Beato José Lourenço., Mundo Beato, Antonio Conselheiro, Padre Cícero Romão Baptista

Resumo

Reflexões sobre o fim do século XX, derrota dos regimes da União Soviética e do Leste Europeu, comemorado, na entrada do terceiro milênio, como o fim das utopias. Análise do conceito de utopia em Karl Mannheim e Gramsci, no estudo do “mundo beato” no sertão do Nordeste brasileiro, a partir de meados do século XIX – Padre Mestre Ibiapina e seus seguidores: Antonio Conselheiro, Padre Cícero Romão Baptista e Beato José Lourenço.

Palavras-chave: Mundo Beato Padre Mestre Ibiapina; Antonio Conselheiro; Padre Cícero Romão Baptista; Beato José Lourenço.

Referências

MANNHEI, Karl. Ideologia e Utopia. Rio de Janeiro, Zahar Editores, 1972.

GRAMSCI, Antonio. “Obras Escolhidas. Vol. 1 Coleção 12. Lisboa. Editorial Estampa, p. 141, 1974.

BARROS, Luitgarde. De Canudos a Belo Monte, Centenário da Utopia. Rio de Janeiro, Jornal Inverta, p. 12, julho de 1993.

CALASANS, José. Quase Biografias de Jagunços. Salvador. U.F. Bahia, p. 7, 1986.

NOGUEIRA, A. Antônio Conselheiro e Canudos. São Paulo. Cia. Editora Nacional. Coleção Brasileira, 1974.

BARROS, J. G. de Campos. Ordem dos Penitentes. Apud BRAGA, R. Dicionário Geográfico e Histórico do Ceará. Fortaleza. Imprensa Universitária, p. 190.

Como Citar
BARROS, L. O. C. O mundo dos Beatos: a força da utopia no nordeste sertanejo. Ponta de Lança: Revista Eletrônica de História, Memória & Cultura, v. 13, n. 25, p. 106-121, 11.