BATALHAS DA MEMÓRIA NO PROCESSO DE MITIFICAÇÃO DE FAUSTO CARDOSO E OLÍMPIO CAMPOS (1906-2006)

  • Giliard da Silva Prado

Resumo

Este artigo tem por objetivo discutir algumas noções e categorias de análise utilizadas no estudo doprocesso de mitificação de Fausto Cardoso e Olímpio Campos, líderes políticos de gruposantagônicos, assassinados no desfecho de um movimento revoltoso ocorrido em Sergipe no ano de1906. A proposta deste estudo é analisar o período que sobreveio à revolta, quando teve lugar umaverdadeira luta de representações entre os seguidores de Fausto Cardoso e Olímpio Campos, a partirdas homenagens póstumas que eram prestadas aos seus respectivos líderes. A análise está centrada,portanto, nas batalhas da memória que marcaram as comemorações dos aniversários das mortes dosdois políticos em questão, buscando investigar possíveis usos de um vasto repertório simbólicosegundo fins políticos.

Palavras-chave: comemorações; representações; memória.

Publicado
2008-10-31
Como Citar
PRADO, G. DA S. BATALHAS DA MEMÓRIA NO PROCESSO DE MITIFICAÇÃO DE FAUSTO CARDOSO E OLÍMPIO CAMPOS (1906-2006). Ponta de Lança: Revista Eletrônica de História, Memória & Cultura, v. 2, n. 2, p. 103-116, 31 out. 2008.