Proximidade geográfica, distância conceitual: concepções de produtores culturais sobre a memória Lampiônica nas cidades de Serra Talhada e Triunfo – PE

  • José Ferreira Júnior Autarquia Educacional de Serra Talhada - PE (AESET)Faculdade de formação de Professores de Serra Talhada - Fafopst
  • Janaina Freire dos Santos Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
Palavras-chave: Lampião, Cangaço, Serra Talhada, Triunfo

Resumo

Este artigo busca estabelecer discussão sobre as ações dos produtores culturais que atuam nas cidades de Serra Talhada  e Triunfo, ambas situadas na Mesorregião do Sertão de Pernambuco e na Microrregião do Pajeú. Discutem-se as intenções de tais agentes relacionadas à memória lampiônica. Suas estratégias e fins. São utilizadas fragmentos de entrevistas realizadas nos espaços urbanos citados. Conclui-se que, mesmo havendo proximidade geográfica entre as duas cidades, e também semelhança de objetivo, por parte dos produtores culturais, suas estratégias são diferenciadas.

 

Palavras-Chave: Memória lampiônica, Produtores culturais, estratégias.

Biografia do Autor

José Ferreira Júnior, Autarquia Educacional de Serra Talhada - PE (AESET)Faculdade de formação de Professores de Serra Talhada - Fafopst

Graduado e especialista em História; Mestre e Doutor em Ciências Sociais (Sociologia); Professor efetivo da Autarquia Educacional de Serra Talhada, lotado na FAculdade de Formação de Professores de Serra Talhada - Fafopst, departamento de História; Pesquisa memória lampiônica no Médio Pajeú e as ações dos produtores culturais;

Janaina Freire dos Santos, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
Doutora e Mestre em Ciências Sociais, Especialista em História e Sociologia (URCA) e Licenciada em História (FAFOPST).

Referências

REFERÊRENCIAS.

CERTEAU. Michel de. A invenção do cotidiano: artes de fazer. Petrópolis. Vozes 2011.

CLEMENTE, Marcos E de A. Lampiões acesos: a Associação Folclórica e Comunitária dos Cangaceiros de Paulo Afonso, BA e os processos de constituição da memória coletiva do cangaço (1956-1998). Campinas. Dissertação de Mestrado. UNICAMP. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. 2003.

FERREIRA JÚNIOR. J. A apropriação da memória lampiônica na construção da identidade de Serra Talhada. Dissertação de Mestrado. PPGCS. Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Campina Grande – PB. 2010.

FERREIRA JÚNIOR, J. SOARES, Cristiano E de C. O Papel da Mídia na Invenção e Venda da Memória de Lampião em Serra Talhada – PE. XV ENCONTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO NORTE E NORDESTE e PRÉ-ALAS BRASIL. 04 a 07 de setembro de 2012, UFPI, Teresina-PI.

FERREIRA JÚNIOR, J. Serra talhada x Triunfo: a disputa da memória de lampião no médio Pajeú pernambucano. Tese de Doutorado. PPGCS. Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Campina Grande – PB. 2014.

HALL. Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A. 2010.

HOBSBAWM. Eric; RANGER. Terence. A Invenção das Tradições. São Paulo: Paz e Terra. 2002.

NORA. Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. São Paulo: Educ. 1993.

POLLAK. Michael. Memória e Identidade Social. In: Estudos Históricos. Rio de Janeiro, volume 5. nº 10, 1992, p. 200 – 212.

SCHWARTZENBERG. Roger G. O Estado Espetáculo. Rio de Janeiro. Difel. 1978.

SOUZA. Anildomá W. Lampião: o comandante das caatingas. Serra Talhada: Esdras Graphic, 1995.

Publicado
2018-07-28
Como Citar
JÚNIOR, J. F.; DOS SANTOS, J. F. Proximidade geográfica, distância conceitual: concepções de produtores culturais sobre a memória Lampiônica nas cidades de Serra Talhada e Triunfo – PE. Ponta de Lança: Revista Eletrônica de História, Memória & Cultura, v. 12, n. 22, p. 93 - 106, 28 jul. 2018.