VIVER É MUITO PERIGOSO: Messiânicos e cangaceiros nos sertões brasileiros (1890-1940)

  • Antônio Fernando de Araújo Sá Universidade Federal de Sergipe

Resumo

Resenha do livro DOESWIJK, Andreas L. Vivir es muy peligroso: Mesiânicos y cangaceiros em los sertones brasileños. Ciudad Autónoma de Buenos Aires: RyR, 2016

Biografia do Autor

Antônio Fernando de Araújo Sá, Universidade Federal de Sergipe
Nascido em Brasília/DF, graduou-se em História pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília (CEUB) e fez o mestrado e doutorado em História pela Universidade de Brasília. É professor associado do Departamento de História e dos Programas de Pós-Graduação em História e Letras da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Atuou como professor visitante na Universidad Nacional de Misiones (Argentina). É líder do Grupo de Pesquisa História Popular do Nordeste(CNPq/UFS). Foi membro da Comissão de História e Geografia do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe. Foi Chefe do Departamento de História da UFS (1999-2001 e 2008-2010) e diretor da Regional Nordeste da Associação Brasileira de História Oral (2008-2010).É autor dos livros: Real Porão. Aracaju: Candangos Decapitados, 2002 (poesia); Combates entre História e Memórias. São Cristóvão/SE: Editora da UFS/ Aracaju: Fundação Oviedo Teixeira, 2005, O Cangaço nas Batalhas da Memória. Recife/PE: Editora da UFPE, 2011 e Capítulos de História da Historiografia Sergipana. Aracaju: IHGSE, São Cristóvão: Editora da UFS, 2013; organizou, com professora Vanessa Maria Brasil, Rio sem História? Leituras sobre o rio São Francisco. Aracaju: FAPESE, 2005.

Referências

CALASANS, José. O Ciclo Folclórico do Bom Jesus Conselheiro: Contribuição ao Estudo da Campanha de Canudos. Salvador: EDUFBA/Centro de Estudos Baianos, 2002 (Edição fac-similada).

DOESWIJK, Andreas L. Vivir es muy peligroso: Mesiânicos y cangaceiros em los sertones brasileños. Ciudad Autónoma de Buenos Aires: RyR, 2016.

FENTRESS, James e WICKMAN, Chris. Memória Social. Lisboa: Teorema, 1994.

HOBSBAWM, Eric. Bandidos. 2ª. Edição. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1976.

SILVA, José Maria de Oliveira. Rever Canudos: Historicidade e Religiosidade Popular (1940-1995). São Paulo, FFLCH/USP, 1996 (Tese de doutorado).

Publicado
2018-07-28
Como Citar
ARAÚJO SÁ, A. F. DE. VIVER É MUITO PERIGOSO: Messiânicos e cangaceiros nos sertões brasileiros (1890-1940). Ponta de Lança: Revista Eletrônica de História, Memória & Cultura, v. 12, n. 22, p. 224 - 229, 28 jul. 2018.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>