Cangaço – Violência no Sertão do Nordeste

  • Luitgarde Oliveira Cavalcanti Barros UFRJ

Resumo

Análise do cangaço como uma modalidade de violência, com algumas características de cultura regional – Nordeste. Conjuntura internacional e nacional: fim da primeira guerra mundial e levantes tenentistas no Brasil. Ênfase no mundo sertanejo (1917 – 1938), com êxodo de populações tangidas pela violência da guerra entre duas concepções de mundo, em sete Estados. Características da cultura sertaneja, honra e valentia constituem a épica dessa saga, cujo epílogo coincide com a eclosão da segunda guerra mundial. Flashes de violência no mundo contemporâneo globalizado.

Palavras-chave: Cangaço. Cultura Regional. Memória. Violência.

Biografia do Autor

Luitgarde Oliveira Cavalcanti Barros, UFRJ

Doutora em Ciências Sociais PUC/SP

Pós doutorado em Antropologia UNICAMP e em Ciência da Literatura - UFRJ.

Professora Aposentada

Referências

ALBUQUERQUE, Ulysses Lins de – Um Sertanejo e o Sertão. Rio de Janeiro, José Olympio, 1957.

AMANCIO, Geraldo – Lampião rei do cangaço. Fortaleza, Editora IMEPH, 2015

BARROS, Luitgarde Oliveira Cavalcanti – A Derradeira Gesta Lampião e Nazarenos Guerreando no Sertão. Rio de Janeiro, MAUAD X Ed, 2018, 3ª edição

_________ Juazeiro do Padre Cícero a Terra da Mãe de Deus. Fortaleza, Editora IMEPH, 3ª edição, 2014.

_________ (Org) Octavio Brandão – Centenário de um Militante na Memória do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, UERJ, Cultural – SR3: Arquivo Público, 1996.

_________ Cangaço e Memória, in Revista Educação em Debate. Ano 21-V.1- Nº 37 – 1999. Revista da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 1999.

_________ Cangaceiro – Verbete in MOTTA, Márcia (Org) Dicionário da Terra. Rio de Janeiro, Editora Civilização Brasileira, 2005.

Barroso, Gustavo – Almas de Lama e de Aço. São Paulo, Melhoramentos, 1930.

BERGSON, Henri – Matéria e Memória. Ensaio Sobre a Relação do Corpo com o Espírito. São Paulo, Livraria Martins Fonte Ed. 1990.

COSTA, Alcino Alves – Lampião Além da Versão – Mentiras e Mistérios de Angico. Aracaju, Sociedade Editorial de Sergipe/Secretaria do Estado da Cultura de Se 1996.

COUTINHO, Lourival – O General Góes Depõe. Rio de Janeiro, Livraria Editora Coelho Branco, 1956.

DENZIN, N.K, - Interpretando as Vidas de Pessoas Comuns: Sartre, Heidegger e Faulkner, in Revista de Ciências Sociais. Rio, IUPERJ, Vol 27, nº 1, 1984.

DÓRIA, Carlos Alberto – A Tradição Honrada (a honra como tema de cultura e na sociedade ibero-americana). In Cadernos Pagu – Sedução, Tradição, Transgressão. Campinas, SP, Núcleo de Estudos de Gênero/UNICAMP, (2) 1994.

FERRAZ, Marilourdes – O Canto do Acauã. Recife, Editora de Guias Especiais Ltda, 1985.

FRANCO, M. S. de Carvalho - O Código do Sertão: um estudo sobre violência no meio rural. In Dados. Rio de Janeiro, IUPERJ nº 5, 1968.

HALBWACHS, Maurice – A Memória Coletiva. São Paulo, Vértice Editora – Revista dos Tribunais, 1990.

HOBSBAWM, E. J.- Bandidos. Rio de Janeiro, Forense Universitária, 1975.

____________ Rebeldes Primitivos. Rio de Janeiro, Zahar Ed. 1968.

LE GOFF, Jacques – História e Memória. Campinas – SP, Editora da UNICAMP, 1994.

LIMA, Lourenço Moreira – A Coluna Prestes (Marchas e Combates). São Paulo, Ed Alfa-Ômega, 1979.

MATTA MACHADO, Maria Christina – As Táticas de Guerra dos Cangaceiros. 2ª edição, São Paulo, Ed Brasiliense, 1978,

MELLO, Frederico Pernambucano de – Guerreiros do Sol o Banditismo no Nordeste do Brasil. Recife, FUNDAJ, Ed. Massangana, 1985.

MORAES, Walfrido – Jagunços e Heróis. Bahia, Empresa Gráfica da Bahia/Ipac, 1991

MOTA, Leonardo – No Tempo de Lampião. Fortaleza, Imprensa Universitária do Ceará, 1967.

PORTELLI, H. – Gramsci e o Bloco Histórico. Rio de Janeiro, Ed Paz e Terra, 1987.

PROENÇA, Ivan Cavalcanti – A Ideologia do Cordel. 3ª edição, Rio de Janeiro, Plurarte Editora, 1982.

VIANNA, Arievaldo - Leandro Gomes de Barros O Mestre da Literatura de Cordel Vida e Obra. Fortaleza – CE: Edições Edições Sintaf, 2014/Mossoró – RN: Queima – Bucha, 2014.

VILAR, Pierre – Desenvolvimento Econômico e Análise Histórica. Lisboa, Ed. Presença, 1982.

Publicado
2018-07-28
Como Citar
BARROS, L. O. C. Cangaço – Violência no Sertão do Nordeste. Ponta de Lança: Revista Eletrônica de História, Memória & Cultura, v. 12, n. 22, p. 62 - 77, 28 jul. 2018.