REIFICAÇÃO: UMA CATEGORIA REFORMULADA PELA TEORIA CRÍTICA?

  • Marcio Renan Hamel Universidade de Passo Fundo - UPF

Abstract

A presente pesquisa analisa a reformulação da categoria da reificação pela teoria crítica. Basendo-se nas análises do filósofo alemão Axel Honneth e da filósofa norte-americana Nancy Fraser, defende-se a tese de que Honneth foi melhor sucedido na tarefa de atualização do conceito, enquanto que Fraser utiliza a ideia de reificação muito próxima a defendida por Honneth. O trabalho reconstrói, inicialmente, a percepção de reificação presente na filosofia de Georg Lukács. No segundo momento, investiga a proposta de reformulação operada por Honneth. Em terceiro instante, trabalha a concepção do comportamento reificador na teoria de Fraser. No quarto passo, analisa algumas críticas opostas à reformulação de Honneth. Por fim, conclui positivamente quanto à reformulação apresentada por Honneth, bem como defende que a utilização do conceito realizada por Fraser está próxima ao entendimento honnethiano, mas com alguma diferença conceitual.         

Palavras-chave: reificação; reconhecimento; marxismo; status.

Author Biography

Marcio Renan Hamel, Universidade de Passo Fundo - UPF

Pós-Doutor em Direito URI/RS 

Doutor em Ciências Jurídicas e Sociais UFF/RJ

Mestre em Direito, Cidadania e Desenvolvimento Unijuí/RS

Graduado em Direito e Filosofia UPF/RS

Professor PPGDireito UPF/RS

Published
2020-02-12
How to Cite
Hamel, M. R. (2020). REIFICAÇÃO: UMA CATEGORIA REFORMULADA PELA TEORIA CRÍTICA?. Prometheus - Journal of Philosophy, 13(35). https://doi.org/10.52052/issn.2176-5960.pro.v13i35.12722
Section
Original Articles