EPICTETO, DIATRIBE 3.11: NOTAS ESPARSAS

Abstract

Abaixo a seguir minha tradução de trabalho das Diatribes de Epicteto 2.8, 2.9 e 2.10. Carlos Enéas de Moraes revisou a diatribe 2.8 cotejando com o texto grego. Joelson do Nascimento revisou as diatribes 2.9 e 2.10 do mesmo modo. Vanessa Cordeiro fez a revisão final do texto em português. Realizei a tradução diretamente a partir do texto grego, seguindo a edição de Schenkl (1916). As traduções de George Long, Souilhé e Hard foram consultadas. 

Author Biography

Aldo Dinucci, VIVA VOX / DFL / UFS

Professor titular do Departamento de Filosofia. Universidade Federal de Sergipe.

Published
2020-09-25
How to Cite
Dinucci, A. (2020). EPICTETO, DIATRIBE 3.11: NOTAS ESPARSAS. Prometheus - Journal of Philosophy, 12(34). https://doi.org/10.52052/issn.2176-5960.pro.v12i34.14469
Section
Translations

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 > >>