PLURALISMO Y OBJETIVIDAD MORAL. ASPECTOS CONTROVERSIALES EN EL DEBATE PUTNAM-HABERMAS

  • Gustavo Agüero Universidad Nacional de Córdoba (Argentina)

Abstract

É possível falar de objetividade no campo da moral? É possível sustentar uma forma de cognitivismo moral sem postular fatos ou propriedades morais? O conceito de objetividade, tradicionalmente pertencente aos jogos de linguagem das ciências naturais também está começando a ser proposto em linguagem moral com uma função igualmente importante: dar sentido ao discurso moral. Mas pode esta reivindicação se reconciliar como objetivo de defesa do pluralismo das sociedades democráticas contemporâneas? Estas questões norteadoras de nosso desenvolvimento são analisadas no contexto do debate entre Jürgen Habermas e Hilary Putnam.

Published
2014-06-10
Issue
Section
Dossiê Filosofia Política e relações internacionais