Gumbrecht contra Kant (ou Kant contra Gumbrecht): beleza atlética e experiência estética

  • Guilherme Foscolo Doutor em filosofia e professor da Universidade Federal do Sul da Bahia
  • Lílian Buonicontro Arquiteta urbanista e engenheira civil, mestranda pelo CEFET-MG.

Abstract

Este ensaio pretende investigar até que ponto o recurso à Estética em Kant contribui para com a reflexão sobre esportes e experiência estética inaugurada por Gumbrecht em Elogio da Beleza Atlética. Para tanto, serão friccionados o movimento do pensamento em Kant e em Gumbrecht (no que aparentemente se repelem) e, em seguida, será traçado um paralelo entre o esforço de Gumbrecht para uma “estética dos esportes” e a produção teórica do crítico de arte estadunidense Clement Greenberg. Conclui-se que Kant serve melhor ao purismo de um Greenberg do que ao pensamento contra-hermenêutico de Gumbrecht.
Published
2016-08-16
How to Cite
Foscolo, G., & Buonicontro, L. (2016). Gumbrecht contra Kant (ou Kant contra Gumbrecht): beleza atlética e experiência estética. Prometheus - Journal of Philosophy, 9(20). Retrieved from https://seer.ufs.br/index.php/prometeus/article/view/5488
Issue
Section
Dossiê Filosofia e Esporte