Some Difficulties in Proposing a Mathematical Isomorphism to Interpret Wittgenstein’s Tractatus

  • Marcos Silva Universidade Federal de Alagoas

Abstract

Here I present some arguments against an alleged mathematical isomorphic relation between elementary propositions and states of affairs in the Tractatus. This is a standard proposal to understand the world-language relation in Wittgenstein’s early philosophy. I advocate that the application of this type of isomorphism in the Tractarian conceptual framework conflicts with some of its philosophical peculiarities. This technical approach especially overlooks some crucial Tractarian tenets, such as a sharp modal distinction between form and structure and Wittgenstein’s rejection of a priori true propositions.

Author Biography

Marcos Silva, Universidade Federal de Alagoas
Marcos Silva é atualmente professor efetivo do curso de Filosofia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e tem como área de concentração a Filosofia da Lógica. É bacharel (2005) e Licenciado (2008) em Filosofia pela UFRJ. Em 2008, defendeu seu mestrado sobre alguns problemas da aplicação em filosofia da técnica de mapeamentos isomórficos. Em 2012, doutorou-se a respeito do colapso da filosofia da lógica do Tractatus de Wittgenstein. O mestrado e o doutorado foram supervisionados por Luiz Carlos Pereira, na PUC-Rio. De 2009 a 2011 fez parte de seu doutoramento (Sandwich) com bolsa do DAAD (Deutscher Akademischer Austauschdienst) na Universität Leipzig (Alemanha) com Pirmin Stekeler-Weithofer. Em 2012, pesquisou, como pós-doutorando, o Problema da Exclusão das Cores e o Quadrado de Oposições Aristotélico no PPGF/UFRJ com Jean-Yves Beziau. Desenvolveu pesquisa pós-doutoral financiada pela FUNCAP/CAPES, de 2013 a 2015, com André Leclerc na Universidade Federal do Ceará (UFC). É membro da Alfa-n (Associação Latino-Americana de Filosofia Analítica), da SBFA (Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica) e da ALWS (Austrian Ludwig Wittgenstein Society). Já apresentou tópicos de sua pesquisa em Portugal, Itália, Bélgica, França, Áustria, Inglaterra e Alemanha. 
Published
2016-12-14
Issue
Section
Original Articles