DISCURSO SOBRE O MUNDO COMO HOSPÍCIO E MONSTRUOSIDADE

José Londe, Wellington Amancio, Cléberton Barboza

Resumo


O presente ensaio foi proferido na primeira reunião do Grupo de Estudo Nietzsche e Indigência. Aqui, tratamos do desenvolvimento inicial do conceito de Monstruosidade e, neste percurso, demonstramos em muitos exemplos, a monstruosidade na história. Partimos de um conceito precisado no âmbito da palavra alemã inaudito, Ungeheuer – diferentemente da expressão grega que faz referência aos aspectos mais superficiais, por assim dizer, da monstruosidade, tais como tamanho e aparência. Desenvolvemos o conceito a partir da tríade “inescapabilidade”, “potencialidade” e “eventualização”. A discussão foi erigida a partir da obra de Nietzsche. 

 


Texto completo:

PDF