DERRIDA: A LIBERTAÇÃO DA METÁFORA DOS DOMÍNIOS DA METAFÍSICA

Marcos Sávio Santos Aguiar

Resumo


Pensar Derrida é pensar no seu projeto desconstrucionista. A desconstrução é uma crítica aos conceitos filosóficos. Conceitos que dissimulam e interditam certas condutas. A desconstrução seria o desmonte dos elementos da escrita; o desmonte de elementos que escondem ou dissimulam partes do texto. A desconstrução nos revela o que está dissimulado. Nesse trabalho, vamos ver em que sentido o projeto de desconstrução do Derrida o aproxima de Nietzsche. Em que sentido a sua desconstrução é permeada por nuances de destruição/criação do Zaratustra. O território do filosófico perdendo sua delimitação com a invasão do literário. O conceito rompendo seus limites na presença da metáfora. Derrida busca um paralelo com Nietzsche para encontrar nexos entre literatura e filosofia, no intuito de distender os limites do sentido.

Texto completo:

PDF