A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA COMO ESTRATÉGIA DE PRODUÇÃO DE NOVAS IDENTIDADES

Ricardo Luiz de Bitencourt

Resumo


O presente artigo pretende apontar algumas reflexões acerca da produção de novasidentidades emergentes em tempos pós-moderno caracterizados por Bauman como líquidos evoláteis. Nesse cenário, onde as fronteiras se descaracterizam, a educação a distância pode seconstituir como uma das estratégias de produção de novas subjetividades tão requeridas para estenovo tempo.

Texto completo:

PDF