LEIBNIZ E A GÊNESE DA NOÇÃO DE ESPAÇO: LENDO O § 47 DA ÚLTIMA CARTA A CLARKE

  • William de Siqueira Piauí DFL / UFS

Abstract

pretendemos problematizar a crítica de Leibniz a Newton com respeito aos conceitos de espaço, lugar e movimento e chamar atenção para o que Leibniz tinha denominado de affection individuelle; para isso consideraremos a influência de sua doutrina da substância e da mônada sobre a argumentação que desenvolveu no §47 da última carta que endereçou a Samuel Clarke e de que modo ela recupera a crítica não só de Leibniz mas também de Newton ao famoso artigo 25 dos Princípios da Filosofia de Descartes.

Published
2013-03-06
How to Cite
Piauí, W. de S. (2013). LEIBNIZ E A GÊNESE DA NOÇÃO DE ESPAÇO: LENDO O § 47 DA ÚLTIMA CARTA A CLARKE. Prometheus - Journal of Philosophy, 6(11). https://doi.org/10.52052/issn.2176-5960.pro.v6i11.818
Issue
Section
Original Articles