REALISMO, NOMINALISMO E CARTESIANISMO: SENTIDO E NATUREZA DAS IDEIAS COMO REPRESENTAÇÕES DO MUNDO

  • Edvaldo Soares Docente na área de neurociências e comportamento Coordenador do Laboratório de Neurociência Cognitiva – LaNeC - do Departamento de Psicologia da Educação da FFC – Unesp, Marília, SP.

Abstract

A reflexão acerca das ideias, entendidas como representações mentais, tem marcado praticamente toda a Histórica da Filosofia, desde a Grécia antiga até o período contemporâneo. Interpretações diversas têm sido dadas ao sentido e à natureza das ideias por diversas escolas, entre as quais as diversas vertentes do Realismo. O objetivo deste artigo é apresentar, a partir de um recorte histórico e epistemológico, algumas perspectivas teóricas, com ênfase nas propostas realistas, nominalistas e cartesianas em relação à formação e à natureza das ideias.

 

Published
2013-03-06
How to Cite
Soares, E. (2013). REALISMO, NOMINALISMO E CARTESIANISMO: SENTIDO E NATUREZA DAS IDEIAS COMO REPRESENTAÇÕES DO MUNDO. Prometheus - Journal of Philosophy, 6(11). Retrieved from https://seer.ufs.br/index.php/prometeus/article/view/821
Issue
Section
Original Articles