EXPERIÊNCIA E EDUCAÇÃO NO PENSAMENTO EDUCACIONAL DE JOHN DEWEY: TEORIA E PRÁTICA EM ANÁLISE

  • Samuel Mendonça Doutor em Educação (UNICAMP) Bolsista Produtividade do CNPq Professor da PUC/Campinas
  • Felipe Alves Pereira Adaid Mestre em Educação (PUC/Campinas)

Abstract

O conceito de experiência é nuclear para se discutir a relação entre teoria e prática, assim, esse artigo discute os conceitos de experiência e de educação na perspectiva de John Dewey, sem esgotar, evidentemente, estes que podem ser considerados eixos fundantes de sua filosofia da educação. Sendo assim, a pergunta que melhor exprime o trabalho é: como a relação entre teoria e prática se dá no pensamento de John Dewey? O trabalho foi realizado, do ponto de vista do método, por meio de revisão bibliográfica, com destaque específico para a obra Experiência e Educação do teórico norte americano. No contexto do pensamento deweyano, justifica-se a perspectiva pragmatista como referencial teórico, adotando Charles Pierce e William James como autores. Em que pese a preocupação de John Dewey com a experiência docente e sua influência na tentativa de uma ressignificação da relação entre o educador e o educando, visando à construção de uma nova forma de educação, o legado deixado por Dewey se mostra bastante atual, mesmo suas obras datando de mais de setenta anos.
Published
2018-03-14
How to Cite
Mendonça, S., & Adaid, F. A. P. (2018). EXPERIÊNCIA E EDUCAÇÃO NO PENSAMENTO EDUCACIONAL DE JOHN DEWEY: TEORIA E PRÁTICA EM ANÁLISE. Prometheus - Journal of Philosophy, 11(26). https://doi.org/10.1234/pro.v11i26.8614
Section
Dossiê Filosofia, Educação e Estética