Governança Pública no Brasil: Estado da Arte dos Estudos Publicados de 2009 a 2019

  • Danilo Rodrigues Guedes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí
  • Agnello Rufino da Silva Júnior Universidade Federal do Piauí - UFPI https://orcid.org/0000-0001-9448-1658
Palavras-chave: Governança; Administração Pública; Setor Público.

Resumo

O presente artigo buscou analisar o estado da arte das pesquisas produzidas no Brasil sobre governança pública em órgãos da Administração Pública Federal Brasileira no período de 2009 a 2019. Para isso faz uso de uma revisão de literatura nos periódicos SPELL (Scientific Periodicals Electronic Library), SciELO (Scientific Electronic LibraryOnline) e BDTD (Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações). Como resultado encontrou-se três diferentes abordagens de estudos sobre a governança pública: 1) Estudos que se propuseram a verificar os níveis de aderências por parte dos órgãos investigados às práticas e princípios de governança pública; 2) Estudos que se propuseram a criar modelos ou índices de governança a serem utilizados pelos órgãos estudados; 3) Estudos voltados à Governança de Tecnologia da Informação. Os resultados desta investigação contribuíram para ampliar a compreensão sobre os estudos da governança aplicada aos órgãos da administração pública brasileira, indicando oportunidades para o desenvolvimento de pesquisas futuras.

Biografia do Autor

Agnello Rufino da Silva Júnior, Universidade Federal do Piauí - UFPI

Possui Mestrado em Administração e Controladoria, pela Faculdade de Economia, Administração, Atuaria e Contabilidade (FEAAC) da Universidade Federal do Ceará (UFC). Especialista lato senso em Gestão Pública, pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Gestão Empresarial e Docência do Ensino Superior pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI), com graduação em Administração, também pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI). É professor Assistente I (DE), do curso de Administração, da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Amilcar Ferreira Sobral (CAFS), em Floriano - PI.. Interesses nos temas de finanças corporativas, controladoria, governança corporativa e gestão pública.

Referências

ALMEIDA, R. S.; SOUZA, W. A. Implementação dos Mecanismos de Governança de Tecnologia da Informação em uma Universidade Pública. NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, v. 9, n. 1, p. 136-149, 2019.
BRASIL. Plano Diretor de Reforma do Aparelho do Estado, 1995a. Disponível emhttp://www.biblioteca.presidencia.gov.br/publicacoes-oficiais/catalogo/fhc/plano-diretor-da-reforma-do-aparelho-do-estado-1995.pdf Acesso em 15 de setembro de 2019.
______. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Secretaria de Gestão. Gestão pública para um Brasil de todos : um plano de gestão para o Governo Lula / Secretaria de Gestão. – Brasília: MP, SEGES, 2003b. 30 p.
______. Presidência da República. Decreto nº 5.378 de 23 de fevereiro de 2005, 2005c. Disponível em< http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5378.htm> Acesso em: 15 de setembro de 2019.
______. Decreto 9203/2017. Dispõe sobre a política de governança da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. Disponível em Acesso em: 16 de setembro de 2019.
______. Lei 13.303/2016. Dispõe sobre o estatuto jurídico da empresa pública, da sociedade de economia mista e de suas subsidiárias, no âmbito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Disponível em< http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2016/lei/l13303.htm> Acesso em: 16 de setembro de 2019.
______. Projeto de Lei 9.163/2017. Dispõe sobre a política de governança da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. Disponível em Acesso em: 15 de setembro de 2019.
CARDOZO, M. A. A Evidenciação Das Políticas De Governança Nas IFES: Um estudo nas universidades federais do sul do Brasil. Dissertação (Mestrado em Contabilidade) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2012. 203 f.
CAVALCANTE, M. C. N.; LUCA, M. M. M. Controladoria como instrumento de Governança no Setor Público. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, v. 7, n. 1, p. 73-90, 2013.
CERATTI, S. A.; BERTOLINI, C.; SILVEIRA, S. R. Um Estudo sobre Governança de Tecnologia da Informação no Campus de Frederico Westphalen-RS da Universidade Federal de Santa Maria. NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, v. 9, n. 4, p. 10-29, 2019.
CUNHA, M. S.; SOUZA NETO, J. Comitês de governança de tecnologia da informação na administração pública federal brasileira: fatores críticos de sucesso. Revista do Serviço Público, v. 65, n. 3, p. 355-381, 2014.
CHEVALLIER, J. La gouvernance, un nouveau paradigme étatique ? Revue
française d'administration publique 2003/1 (no105-106), p. 203-217. Disponível em:< https://www.cairn.info/revue-francaise-d-administration-publique-2003-1-p-203.htm>Acesso em: 10 de setembro de 2019.
CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO – CGU. Instrução Normativa Conjunta MPOG/CGU nº 1/2016. Dispõe sobre controles internos, gestão de riscos e governança no âmbito do Poder Executivo federal. Disponível em< https://www.cgu.gov.br/sobre/legislacao/...normativas/in_cgu_mpog_01_2016.pdf>Acesso em: 16 de setembro de 2019.
CORREIO, M. N. O. P.Práticas de Governança Pública Adotadas pela Administração Pública Federal Brasileira. Administração Pública e Gestão Social, v. 11, n. 2, p. 215-231, 2019.
FONTES FILHO, J. R.; ALVES, C. F. Mecanismos de Controle na Governança Corporativa das Empresas Estatais: Uma Comparação entre Brasil e Portugal. Cadernos EBAPE.BR, v. 16, n. 1, p. 1-13, 2018.
GOMIDES, WANDERSON LOPES. Aderência dos instrumentos de gestão estratégica de uma instituição federal de ensino superior à gestão estratégica de governança digital da administração pública federal: um estudo de caso na Universidade Federal de Viçosa-MG. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Viçosa, Rio Paranaíba. 2019. 134 f.
HENN, S. A.; CASAGRANDE, J. L.; NUNES, N. A.; LEITE, A. L. S.; PICOLLI, I. Planejamento Estratégico de uma Instituição de Ensino Superior Federal Brasileira: Uma Análise à Luz do Movimento da Governança Pública . Revista Organizações em Contexto, v. 13, n. 25, p. 219-243, 2017.
HENNIGEN, M.R.J. Governança E Gestão Em Aquisições: A Proposição De Um Modelo Para Uma Universidade Pública Brasileira. Dissertação (Mestrado em Engenharia da Produção) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018. 117 f.
LINCZUK, L.M.W. Governança Aplicada à Administração Pública: A Contribuição Da Auditoria Interna Para Sua Efetivação: Um Estudo Em Universidades Públicas Federais. Dissertação (Mestrado em Planejamento e Governança Pública) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba 2012. 181 f.
MANSO, F.Y.G.C. Governança Nas Fundações De Apoio às Universidades Federais Brasileiras. Dissertação (Mestrado em Administração e Controladoria) – Universidade Federal do Ceará, 2015. 98 f.
MATIAS-PEREIRA, José. Curso de Administração Pública: foco nas instituições e ações governamentais. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2010.
MEDEIROS, B. C.; DANJOUR, M. F.; SOUSA NETO, M. V.; MÓL, A. L. R. Maturidade da Governança de Tecnologia da Informação: diferenças entre Organizações Públicas Brasileiras. Revista de Administração FACES Journal, v. 15, n. 2, p. 81-99, 2016.
MOREIRA NETO, RENATO. Governança de TI em universidades federais do Brasil: o caso da UFGD. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional) – Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, 2019. 111 f.
OLIVEIRA, A. G.; PISA, B. J. IGovP: índice de avaliação da governança pública — instrumento de planejamento do Estado e de controle social pelo cidadão. Revista de Administração Pública, v. 49, n. 5, p. 263-1290, 2015.
OLIVEIRA, N.P. Avaliação Da Governança Organizacional No Setor Público: Estudo De Caso Do Inep. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade de Brasília, Brasília, 2017. 148 f.
PIRES, W.J. ANÁLISE DAS PRÁTICAS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA EM UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO: um estudo da perspectiva de agentes de governança e da percepção de stakeholders do Cefet-MG, Campus Divinópolis. Dissertação (Mestrado em Administração) – Centro Universitário Unihorizontes, Belo Horizonte, 2017. 132 f.
RHODES, R. A. W. The New Governance: Governing without Government. Politial Studise (1996). XLIV. 652—667. Disponível em: http://spp.xmu.edu.cn/wp-content/uploads/2013/12/The-New-Governance-Governing-without-Government-pdf.pdf. Acesso em: 15 jan. 2019.
ROSA, C.P. Governança Em Instituições De Ensino: O Caso Do Instituto Federal Catarinense. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Regional de Blumenau, 2012. 106 f.
SALES, E.C.A.S. Governança No Setor Público Segundo a IFAC: Um Estudo Nas Universidades Federais Brasileiras. Dissertação (Mestrado em Administração e Controladoria) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014. 158 f.
SANTIAGO, M.G.C. Análise da Adequação dos Mecanismos de Governança Utilizados para a Gestão da Universidade Federal do Ceará (UFC). Dissertação (Mestrado em Gestão e Políticas Públicas da Educação Superior) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015. 102 f.
SANTOS, F.N. Governança no Setor Público: análise dos mecanismos de governança nas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) da Paraíba. Dissertação ( Mestrado em Gestão Pública) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016. 88f.
SEIXAS, E.S. Governança Nas Compras Públicas Sustentáveis: Um Modelo Para Os Institutos Federais De Educação, Ciência E Tecnologia Baseado Na Análise De Redes Sociais. Tese (Doutorado Multi-institucional e Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento) – Universidade Federal da Bahia. Salvador, 2018. 183 f.
SILVA, CLARA DE NAZARÉ SOUZA. Critérios de monitoramento de riscos nas contratações como contribuição para a governança em Instituições Públicas: uma análise na UFPA. Orientadora: Eliana Maria de Souza Franco Teixeira. Dissertação (Mestrado em Gestão Pública) - Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. 127 f.
SOUZA, PEDRO DONIZETTI DE. Governança Corporativa: um estudo de caso do Banco do Brasil S/A. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade Nove de Julho, São Paulo 2009. 151 f.
TEIXEIRA, L. I. L.; ALMEIDA, A. J. B.; PAIVA, S. C. Q.; RODRIGUES, M. V. Governança em IFES do Nordeste: Concepção, Execução e Monitoramento da Gestão Estratégica . Revista Organizações em Contexto, v. 14, n. 28, p. 265-291, 2018.
TRIBUNAL DE CONTAS UNIÃO – TCU. Referencial básico de governança aplicável a órgãos e entidades da administração pública. 2 v. Brasília, 2014. Disponível em: . Acesso em 18 jul. 2019.
Publicado
2021-01-01