DO CONTEMPORÂNEO SURGE UMA NOVA DISTOPIA

UMA ANÁLISE DAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO GÊNERO COM BASE EM QUATRO TRILOGIAS

  • Ânderson Martins Pereira

Resumo

As distopias contemporâneas têm sido largamente estudadas, pois muitos teóricos as consideram uma atualização ao gênero distopia como era concebido
tradicionalmente. Sob este prisma, este trabalho busca analisar alguns aspectos que diferenciam a atual forma do gênero de seus antecessores. Analisar-se-á a
ocorrência do pós-humano e transumano, bem como as implicações sociais em ambos na criação de sociedades distópicas. Além disso, buscar-se-á demonstrar
as diferentes características resultantes da troca de foco das narrativas, que vai da ênfase no social nas distopias tradicionais para o corpo e a essência do humano nas distopias contemporâneas. Para tal, este trabalho utiliza-se das contribuições de Gregory Claeys (2010), Rafaella Baccolini (2004), Eduardo Marks de Marques (2014) e Cary Wolfe (2010).
Palavras-chave: Distopias contemporâneas, transumanidade, pós-humanidade, utopia.

Publicado
2022-01-27