ENTRE A FRANCOFILIA E A ANGLOFILIA

A LÍNGUA ESTRANGEIRA EM QUESTÃO NO BRASIL

  • Kate Constantino Oliveira

Resumo

As línguas estrangeiras ocupam na agenda dos Estados modernos europeus e pós-coloniais como o Brasil um lugar de importância. A francofonia e a anglofonia
como novas formas do império da França e da Inglaterra significam a defesa da internacionalização da língua e da cultura a partir de uma realidade sociolinguística que é fruto da história, em especial da história colonial. Do universalismo francês ao conceito de novo império inglês, passando pelo pragmatismo americano, muitas representações estrangeiras chegaram ao Brasil. Esta intervenção toma como mote as ideias de França e de Inglaterra nos usos políticos e culturais de suas línguas em peças legislativas, na historiografia literária mas também a partir dos discursos de brasileiros e portugueses produzidos em pesquisa de campo sobre a relação com o saber linguístico de estudantes, professores e curiosos da língua e cultura de língua
francesa e/ou inglesa.
Palavras-chave: Francofilia. Anglofilia. Ensino e estudo. Língua Estrangeira. Relação com o Saber

Publicado
2022-07-13