ANTINEOLOGISMO

  • César Nardelli Cambraia

Resumo

O antineologismo é uma das manifestações do purismo  linguístico, na qual o padrão considerado ilegítimo são os itens lexicais novos (neologismos). Na histó- ria da língua portuguesa, registram-se manifestações contrárias à adoção de certas formas lexicais desde as primeiras gramáticas (Fernão de Oliveira e Duarte Nunes de Leão), mas é em fins do séc. XIX, com a consolidação da entidade Estado-Nação, que o antineologismo, sobretudo em relação a estrangeirismos, se torna mais vigo- roso. Na base do antineologismo, há sempre uma motivação ideológica, seja con- tra formas oriundas de línguas contra cujo Estado há relação de beligerância, seja contra formas criadas por falantes que não são reconhecidos como portadores de autoridade em função da existência de relação de dominação sócio-econômica