UNIDADES DE CONSERVAÇÃO E COMUNIDADES TRADICIONAIS: UM OLHAR ACERCA DA COMUNIDADE CAIÇARA NA VILA DE SÃO GONÇALO, NO MOSAICO DA BOCAINA EM PARATY – RJ

  • Kamille Bittencourt Ferreira
  • Maiara Graziele Rubim Lobato

Resumo

A pesquisa foi fruto de um trabalho de campo realizado no curso de Geografia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, surgiu com o intuito de conhecermos os dois pontos de vista acerca das unidades de conservação e das comunidades tradicionais que vivem nesses territórios. No Mosaico da Bocaina vivem quilombolas, indígenas e caiçaras, na presente pesquisa elencamos nos debruçar acerca da comunidade caiçara, uma vez que nossa vivência se deu no bairro de São Gonçalo- Paraty que está localizada na zona de amortecimento do Parque Nacional da Serra da Bocaina em Paraty-RJ. O intuito da pesquisa era evidenciar a relação harmônica entre a comunidade caiçara, os saberes ambientais e tradicionais presente dentro de uma unidade de conservação e como as suas práticas contribuem para preservação e manutenção ambiental do parque.
Publicado
2020-01-01
Como Citar
Ferreira, K. B., & Lobato, M. G. R. (2020). UNIDADES DE CONSERVAÇÃO E COMUNIDADES TRADICIONAIS: UM OLHAR ACERCA DA COMUNIDADE CAIÇARA NA VILA DE SÃO GONÇALO, NO MOSAICO DA BOCAINA EM PARATY – RJ. Revista Sergipana De Educação Ambiental, 6(2), 115 - 123. https://doi.org/10.47401/revisea.v8i2.12850