Educação ambiental no município de Itabaiana/SE:

reflexões, percepções e aplicações

  • Diana Mendonça de Carvalho UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE https://orcid.org/0000-0001-5934-8165
  • Josivalda da Silva Santos Professor SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
  • Mércia Maria Santos Félix SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Palavras-chave: Educação Ambiental, Lixo, Sustentabilidade

Resumo

O meio ambiente é um assunto interdisciplinar no contexto educacional. A respectiva temática é abrangente e agrega uma série de reflexões no que tange aos impactos socioespaciais e econômicos. Sendo assim, o meio ambiente não pode ser visto apenas como uma pauta socioeducacional, mas como uma meta-reflexo da educação para a promoção de mudanças no espaço-mundo vivido pela sociedade atual. Diante disso, o presente trabalho analisou a questão ambiental no município de Itabaiana sob a ótica da educação, com foco na coleta seletiva. Esse foi desenvolvido numa perspectiva empírica analítica, com base qualitativa, quantitativa e aplicativa, através de questionários aplicados junto a 340 pais de alunos da rede municipal de ensino. As atividades desenvolvidas sedimentaram um alicerce para a construção de novos valores socioambientais e éticos, assim como, contribuiu para um movimento em prol do bem comum de gerações do presente e do futuro.

Biografia do Autor

Diana Mendonça de Carvalho, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

É licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Federal de Sergipe. Mestre (2010) e Doutora em Organização e Dinâmica dos espaços Agrário e Regional pelo Núcleo de Pós-Graduação em Geografia -NPGEO/UFS. É integrante do Grupo de Pesquisa Sobre Transformações no Mundo Rural (GEPRU), atuando em pesquisas sobre Territórios Rurais, Políticas Públicas e Tecnologias Sociais aplicadas nos segmentos da agricultura familiar.

Josivalda da Silva Santos Professor, SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Graduada em história e técnica pedagógica readaptada na Secretaria de Educação de Itabaiana/SE.

Mércia Maria Santos Félix, SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Graduada em Pedagogia pela UFS (2003) com Especialização em Didática do Ensino Superior (2006). Secretária de Educação do Município de Itabaiana.

Referências

BNCC. Ensino Fundamental − Anos Iniciais e Finais. MEC, Brasília, 2017. Disponível em < http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf >. Acesso em 05 de fevereiro de 2020.
BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013. Disponível em < http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15548-d-c-n-educacao-basica-nova-pdf&Itemid=30192 >. Acesso em 05 de fevereiro de 2020.
COIMBRA, J. A. A. O outro lado do meio ambiente. São Paulo: CETESB, 1985.
Dorothy McLaughlin (ed.). Brincando com a natureza. Frontline. S/A. Disponível em < https://www.pbs.org/wgbh/pages/frontline/shows/nature/disrupt/sspring.html>. Acesso em 15.06.2020.
FRERS, Cristian. En busqueta de una educación ambiental. Disponible em: . Acesso em: abril de 2004.
MAGLIO, I. C. A descentralização da gestão ambiental no Brasil: o papel dos órgãos estaduais e as relações com o poder local, 1900/1999. 2000. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, São Paulo.
MÉSZÁROS, I. Para Além do Capital. Ed. Bointempo, 2002.
MITCHAM, C. The concept of sustainable development: its origins and ambivalence. Technology in Somy, v. 17, n. 3, p. 311-326, 1995. Disponível em < https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/0160791X9500008F>. Acesso em 19.06.2020.
MONTEIRO, J. H. P.[et al.];Manual de gerenciamento integrado de resíduos sólidos/ José Henrique Penido Monteiro, et al; Coordenação técnica Victor zular. Rio de janeiro: IBAM, 2001.
OLIVEIRA, César Augusto Dias de; COSTA, Sthéfane Cecília da Silva. Projeto Cidadão. O Lixo Agora é Problema de Todos. Disponível em: <http://cpsustentaveis.planejamento.gov.br/assets/conteudo/uploads/responsabilidadecompartilhada.pdf>. Acesso em: 21.06.2020.
Portal Educação. A importância da reciclagem para o desenvolvimento sustentável. S/A. Disponível em < https://siteantigo.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/biologia/a-importancia-da-reciclagem-para-o-desenvolvimento-sustentavel/50882>. Acesso em 19.06.2020.
SACHS, I. Ecodesenvolvimento: crescer sem destruir. São Paulo: Vértice, 1986. 280 p.
––––––. Estratégias de transição para o século XXI. In: BURSZTYN, M. (Org.). Para pensar o desenvolvimento sustentável. São Paulo: Brasiliense, 1993.
______. Desenvolvimento numa economia mundial liberalizada e globalizante: um desafio impossível. Estudos Avançados, São Paulo, Universidade de São Paulo, v. 11, n. 30, 1997.
______. Caminhos para o desenvolvimento sustentável. Rio de Janeiro: Garamond, 2000a.
SATO, M. Educação Ambiental. São Carlos, RiMa, 2004.
TRAVASSOS, Edson Gomes. A educação ambiental nos currículos: dificuldades e desafios. In: Revista de Biologia e Ciência da Terra, Vol.1. N° 2 – 2001. Disponível em < http://joaootavio.com.br/bioterra/workspace/uploads/artigos/educamb-5155d7136e1f8.pdf>. Acesso em 14.06.2020.
TRYZNA, T. C. A sustainable world. Sacramento, CA: IUCN, 1995. Disponível em < https://agris.fao.org/agris-search/search.do?recordID=XF2015009853>. Acesso em 19.06.2020.
TUAN, Y. Fu. Topofilia - um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. Ed. Difel: São Paulo, 1980.
Publicado
2021-06-15
Como Citar
Mendonça de Carvalho, D., da Silva Santos Professor, J., & Maria Santos Félix, M. (2021). Educação ambiental no município de Itabaiana/SE:: reflexões, percepções e aplicações. Revista Sergipana De Educação Ambiental, 8(1), 1-20. https://doi.org/10.47401/revisea.v8i1.14073