Doutorado sanduíche no exterior

espaço-tempo de (re)significar a educação ambiental na formação de educadores

  • Ionara Universidade Federal do Rio Grande - FURG, Rio Grande-RS-Brasil
  • Cláudia Universidade Federal do Rio Grande - FURG, Rio Grande-RS-Brasil
Palavras-chave: Doutorado Sanduíche. Educação Ambiental. Movimentos Sociais.

Resumo

Este artigo apresenta as aprendizagens construídas com a experiência do doutorado sanduíche no exterior, realizado na Universidade Pablo de Olavide – UPO, em Sevilha, Espanha, através do Programa de Pós-graduação em Educação Ambiental – PPGEA. Os principais objetivos desse processo foram: construir e desenvolver uma proposta de pesquisa sobre Educação Ambiental, Formação de Educadores e Movimentos Sociais, na UPO; ampliar a discussão sobre a temática, problematizando a participação e o diálogo dos Movimentos Sociais nas/com as Instituições de Ensino Superior e potencializando a inserção da Educação Ambiental na formação de educadores, tanto na Espanha, quanto no Brasil; firmar e fortalecer uma parceria entre a Universidade Federal do Rio Grande – FURG e a UPO, contribuindo, também, para a internacionalização PPGEA.

Biografia do Autor

Ionara, Universidade Federal do Rio Grande - FURG, Rio Grande-RS-Brasil

Doutora em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG, na linha de pesquisa Educação Ambiental: Ensino e Formação de Educadores, com doutorado sanduíche realizado na Universidade Pablo de Olavide - UPO, na Espanha (outubro de 2018 a junho de 2019). Mestre em Educação Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG (2015), na linha de pesquisa Educação Ambiental: Ensino e Formação de Educadores. Pós Graduada-Latu Sensu em Desenvolvimento Regional pela Faculdade Meridional de Passo Fundo - IMED (2009). Licenciada em Pedagogia Anos Iniciais: crianças, jovens e adultos pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul - UERGS (2006). Pesquisadora dos Grupos de Pesquisa: Comunidade Aprendente em Educação Ambiental, Ciências e Matemática - CEAMECIM e Ciranda Interdisciplinar de Pesquisa em Educação e Ambiente - CIPEA. Tem experiência e desenvolve pesquisa em Educação Ambiental, Educação Popular, Educação do Campo e Movimentos Sociais, trabalhando com o tema Formação de Educadores. Miltlitou/milita em movimentos sociais ligados à Agricultura Familiar, mais especificamente direcionados a jovens. É Técnica em Assuntos Educacionais do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - IFRS, Campus Rio Grande.

Referências

BENAYAS, Javier; GUTIÉRREZ, José; HERNANDÉZ, Norma. La investigación en Educación Ambiental en España. ISBN: 84-8014-513-7, NIPO: 311-03-041-8,
Depósito legal: M. 43320-2003. Madrid: Ministerio de Medio Ambiente, Secretaría, General de Medio Ambiente, Organismo Autónomo Parques Nacionales, 2003.

CARTEA, Pablo Ángel Meira; SANTIAGO, Miguel Padellas. Proxecto fénix: investigando y actuando en La educación ambiental gallega. Galícia: Centro Nacional de Educación Ambiental, 2010.

CENTRO NACIONAL DE EDUCACIÓN AMBIENTAL – CENEAM. Agenda Nacional de Educación Ambiental 2006. NIPO 311-06-035-1, Depósito Legal: M-36896-2006. Madrid: Organismo Autónomo Parques Nacionales (Ministerio de Medio Ambiente), 2006.

DUARTE, Wander de Jesus Barboza. Um paralelo sobre a Educação Ambiental no Brasil e na Espanha. Revista Educação Ambiental em ação, Novo Hamburgo, ISSN 1678-0701, ano XVII, n, 64, jun.-ago. 2018. Disponível em: . Acesso em: 19 fev. 2019.

ESTEBAN IBAÑEZ, Macarena. Educación Ambiental. Evolución y desarrollo en el contexto reglado escolar español. Revista Científica RUNAE, Sevilla-España, ISSN 2550-6854, v. 1, n. 1, m. 1, p. 221-240, 2017. Disponível em: . Acesso em: 18 fev. 2019.

ESTEBAN IBAÑEZ, Macarena. La Educación Ambiental en Francia, Inglaterra y España. Una Perspectiva Comparada. Revista Iberoamericana de Educación - OEI, Evaluación de políticas educativas: VIII Congreso Nacional de Teoría de la Educación, Huelva-España, ISBN 84-95089-52-1, p. 109-112, 2017. Disponível em: . Acesso em: 26 mar. 2019.

FERNÁNDEZ, Javier García; ORTEGA, Yolanda Sampedro. Un viaje por la educación ambiental en España: una visita a algunas de las iniciativas: promovidas desde la administración general y autonómica tras la publicación del Libro Blanco. ISBN-10: 84-8014-673-7, ISBN-13: 978-84-8014-673-7, NIPO: 311-06-037-2, Depósito Legal: M.40.292-2006. Madrid: Ministerio de Medio Ambiente – Organismo Autónomo Parques Nacionales, 2006.

LEY ORGÁNICA DE ORDENACIÓN GENERAL DEL SISTEMA EDUCATIVO – LOGSE. Madrid, 1990.

LEY ORGÁNICA DE EDUCACIÓN – LOE. Jefatura del Estado. Madrid, maio de 2006.

SALORT, Michelle Coelho. O entrelaçamento entre o Ensino de Arte e a Educação Ambiental: para construir, compartilhar, pertencer. 2016. 304 f. Tese (Doutorado em Educação Ambiental) – Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental, Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande. 2016.

UNIVERSIDADE PABLO DE OLAVIDE – UPO. Máster Educação Ambiental. Disponível em: . Acesso em: 25 jan. 2019.

UNIVERSIDADE PABLO DE OLAVIDE – UPO. Misión de la Universidad Pablo de Olavide. Disponível em: . Acesso em: 26 jan. 2019.

UNIVERSIDADE PABLO DE OLAVIDE – UPO. Um cento único. Disponível em: . Acesso em: 26 jan. 2019.

UNIVERSIDADE PABLO DE OLAVIDE – UPO. Centros. Disponível em: . Acesso em: 26 jan. 2019.

UNIVERSIDADE PABLO DE OLAVIDE – UPO. El centros. Disponível em: . Acesso em: 26 jan. 2019.

UNIVERSIDADE PABLO DE OLAVIDE – UPO. Misión e visón de la Facultad de Ciencias Sociales. Disponível em: . Acesso em: 26 jan. 2019.
Publicado
2020-12-14
Como Citar
Albani, I. C., & Cousin, C. da S. (2020). Doutorado sanduíche no exterior: espaço-tempo de (re)significar a educação ambiental na formação de educadores. Revista Sergipana De Educação Ambiental, 7(2), 1-18. https://doi.org/10.47401/revisea.v7i2.14118