A Educação Ambiental e seus Desafios: um olhar acerca das escolas municipais de São Sebastião da Amoreira – PR

  • Correia, S.J. Universidade Estadual de Londrina
  • Poletto, R.S. Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP
Palavras-chave: Educação Ambiental Formal. Processo de Ensino. Prática Docente.

Resumo

O objetivo deste trabalho é compreender como os professores do Ensino Fundamental I abordam a Educação Ambiental com seus alunos. Esta pesquisa foi realizada em duas escolas municipais de São Sebastião da Amoreira-PR, sendo que, para coleta de dados, utilizamos questionários diagnósticos, os quais foram aplicados aos professores de forma individual. As informações obtidas deste instrumento de coleta foi o corpus da pesquisa e para analisá-las, apoiamo-nos na Análise Textual Discursiva. Após a análise dos dados, os resultados evidenciaram que os professores abordam essa temática somente em datas simbólicas ou de forma pontual, bem como se utilizam de exemplos distantes da realidade do aluno e ineficazes para mudar o comportamento do estudante e melhorar as condições em seu entorno.

Biografia do Autor

Correia, S.J., Universidade Estadual de Londrina

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual de Londrina (UEL, 2019-2020), graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP 2016), especialista em Educação Especial Inclusiva; Geografia e História; Geografia e Desenvolvimento Regional. Atualmente é bolsista CAPES e integrante do Grupo de estudos em ensino de geografia e educação ambiental – GEENGEA.

Poletto, R.S., Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP

Biólogo com Doutorado em Ciências Biológicas. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGEN) na Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Participantes do Grupo de Pesquisa em Ensino e Formação de Profissional – GPEFOP.

Referências

Referências
BERNARDES, Maria Beatriz Junqueira; PRIETO, Élisson Cesar. Educação Ambiental: disciplina versus tema transversal. In:Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Rio Grande, RS, v. 24, p.173-185, 2010. Disponível em: . Acesso em: 01 jun. 2019.

BRANCALIONE, Leandro. Educação Ambiental: refletindo sobre aspectos históricos, legais e sua importância no contexto social rei.In:Revista de Educação do IDEAU, v. 11, n. 23, p.01-13, 23 jun. 2016. Semestral. Disponível em: https://www.ideau.com.br/getulio/restrito/upload/revistasartigos/358_1.pdf. Acesso em: 27 jun. 2018.

BRANCO, Cristina. Formação continuada de Professores: focalizando relação teórica- prática. Londrina, p. 01-24, 2007. Disponível em: http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/producoes_pde/artigo_cristina_branco.pdf. Acesso em: 01 jun. 2019.

BRASIL. Lei nº 6.938, de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 2 abr. 1981.

BRASIL. Lei nº 9.795, de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 28 abr. 1999.

DAL-FARRA, Rossano André. Educação e representações: configurações em rede na mídia e no ambiente. Pro-Posições, Campinas, v. 15, n. 3, p. 165-172, 2004.

DEWEY, John. Vida e Educação. São Paulo: Melhoramentos, 1973.

DIAS, Genebaldo Freire. Educação ambiental, princípios e práticas. 8. ed. Gaia, 2003.

DIAS, Genebaldo Freire. Educação ambiental: princípios e práticas. 5. ed. São Paulo: Global, 1998.

GOUVEA, Giana Raquel Rosa. Rumo da formação dos professores para a Educação Ambiental. Educar em Revista. n.27, p.163-179, 2006. Curitiba: Editora da UFPR, 2006.

HOGAN, Daniel Joseph Crescimento populacional e desenvolvimento sustentável. Lua Nova: Revista de Cultura e Política, n.31 São Paulo, 1993. https://doi.org/10.1590/S0102-64451993000300004.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico. 2010. Disponível em: http://www.censo2010.ibge.gov.br/resultados_do_censo2010.php. Acesso em: 10 maio 2019.

JARVIS, Peter. Towards a Comprehensive Theory of Human Learning: lifelong Learning and the learning society. New York: Routledge: 2006.

KUSS, Anelise Vicentini; CARLAN, Francele de Abreu; BEHLING, Greici Maia; GIL, Robledo Lima. Possibilidades metodológicas para a pesquisa em educação ambiental. Pelotas: Editora e Cópias Santa Cruz, 2015. 160 p. ISBN: 978-85-61629-75-5.

KRÜGER, Eduardo Leite. Uma abordagem sistêmica da atual crise ambiental.In:Desenvolvimento e Meio Ambiente n. 4, p. 37-43, jul/dez 2001. Curitiba: Editora da UFPR, 2001.

MARTINS, José Pedro de Azevedo; SCHNETZLER, Roseli Pacheco. Formação de professores em educação ambiental crítica centrada na investigação-ação e na parceria colaborativa Ciência & Educação, Bauru, SP, v. 24, n. 3, p. 581-598, 2018.

MEC. Ministério da Educação. Vamos cuidar do Brasil: conceitos e práticas em educação ambiental na escola. 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/publicacao3.pdf. Acesso em: 26 jun. 2018.

MEDEIROS, Aurélia Barbosa de et al. A Importância da educação ambiental na escola nas séries iniciais.In:Revista Faculdade Montes Belos, v. 4, n. 1, p.01-17, set. 2011. Disponível em: http://www.terrabrasilis.org.br/ecotecadigital/pdf/a-importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciais.pdf. Acesso em: 01 jun. 2019.
MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva: processo reconstrutivo de múltiplas faces. Ciência & Educação, Bauru, SP, v. 12, n. 1, p. 117-128, 2006. Disponível em:. Acesso em: 5 março. 2020.

PELICIONI, Maria Cecília Focesi. Educação Ambiental, Qualidade de Vida e Sustentabilidade. In:Educação ambiental, Qualidade de Vida e Sustentabilidade: Saúde e Sociedade, São Paulo, p.19-31, 1998. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/sausoc/v7n2/03. Acesso em: 27 jun. 2018.

RAMOS, Elisabeth Christmann. Educação Ambiental: evolução histórica, implicações teóricas e sociais: uma avaliação crítica. 1996. 147 f. Dissertação (Mestrado em Educação na área de Concentração de Educação e Trabalho) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1996. Disponível em: https://acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/29517/DELISABETH CHRISTMANN RAMOS.pdf?sequence=1. Acesso em: 26 jun. 2018.

REIS, Luiz Carlos Lima; SEMÊDO, Luzia Teixeira de Azevedo Soares; GOMES, Rosana Canuto. Conscientização Ambiental: da Educação Formal a Não Formal. Revista Fluminense de Extensão Universitária, Vassouras, v. 2, n. 1, p. 47-60, jan/jun., 2012.

RIBAS, Luiz César; LEMOS, Stella Vanucci; ANASTÁCIO, Loreanna Bertolucci de Araújo. Bases para políticas de educação ambiental no Brasil: perspectiva histórico-cronológica.In:Pedagog. Foco, Iturama (MG), Minas Gerais, v. 11, n. 5, p.120-135, 2016. Semestral. Disponível em: . Acesso em: 27 jun. 2018.

SATO, Michele. Educação para o ambiente amazônico. 1997. 246 f. Tese (Doutorado em Ecologia e Recursos Naturais, Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 1997. Disponível em: http://www.lapa.ufscar.br/pdf/tese_doutorado_michele_sato.pdf. Acesso em: 28 jun. 2018.

SILVA, Carlos Kleber F. da; CARNEIRO, Conceição. Um breve histórico da Educação Ambiental e sua importância na escola. In: IV Congresso Nacional De Educação, 04. 2017, João Pessoa - Paraíba. Anais[...]. v. 5, p. 01 - 11. Disponível em: https://editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV073_MD1_SA14_ID9579_12102017144004.pdf. Acesso em: 04 jul. 2018.

TANNOUS, Simone; GARCIA, Anice. Histórico e evolução da Educação Ambiental através dos tratados internacionais sobre o meio ambiente.In:Nucleus, [S.l.], v. 5, n. 2, p.183-195, 30 nov. 2008. Fundação Educacional de Ituverava. Disponível em: http://dx.doi.org/10.3738/1982.2278.131. Acesso em: 04 jul. 2018.

UNESCO. Década da Educação das Nações Unidas para um Desenvolvimento Sustentável, 2005-2014: documento final do esquema internacional de implementação, Brasília, Brasil, 2005. 120 p.

ZANARDI, Belisa Neves. Concepções de Educação Ambiental de graduandas em Pedagogia. 2010. 127 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Curso de Ciências Biológicas, Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2010. Cap. 1. Disponível em: http://www.mackenzie.br/fileadmin/Graduacao/CCBS/Cursos/Ciencias_Biologicas/1o_2012/Biblioteca_TCC_Lic/2010/1o_2010/BELISA.pdf. Acesso em: 23 jun. 2018.
Publicado
2020-12-14
Como Citar
Correia, S. J., & Poletto, R. de. (2020). A Educação Ambiental e seus Desafios: um olhar acerca das escolas municipais de São Sebastião da Amoreira – PR. Revista Sergipana De Educação Ambiental, 7(2), 1-18. https://doi.org/10.47401/revisea.v7i2.14685