A dimensão ambiental na proposta pedagógico-curricular para a formação de pedagogos e pedagogas

  • Cássia Machado Ribeiro Dantas Universidade Federal de Sergipe
  • Maria Inêz Oliveira Araújo Universidade Federal de Sergipe
Palavras-chave: Educação Ambiental, Formação inicial, Pedagogia

Resumo

A pedagogia como campo de conhecimento e investigação ou ciência prática da educação que estuda o fenômeno educativo em sua globalidade/complexidade perpassa a implementação da Educação Ambiental. Este texto objetiva explicitar como a proposta pedagógico-curricular do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Sergipe (UFS)/São Cristóvão contribui para a formação de professores(as) na perspectiva ambiental. Para tanto, foi analisado o Projeto Pedagógico (PPC), bem como o currículo do curso supracitado. Verificou-se que as contribuições do conhecimento ambiental-ecológico para o campo da Educação Ambiental são incipientes e se conjectura sua possibilidade a partir da disciplina Educação e Ética Ambiental, a qual compõe o núcleo de estudos básicos e, mais especificamente, o eixo campos do conhecimento educacional, uma vez que esse núcleo articulará princípios e concepções de diferentes áreas do conhecimento com pertinência ao campo da pedagogia e dos estudos das relações entre a educação e as problemáticas centrais da sociedade contemporânea, dentre elas a sustentabilidade.

Biografia do Autor

Cássia Machado Ribeiro Dantas, Universidade Federal de Sergipe

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Especialista em Gestão de Pessoas. Mestranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGED/UFS).

Maria Inêz Oliveira Araújo, Universidade Federal de Sergipe

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGED) da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Ambiental do estado de Sergipe (GEPEASE).

Referências

ADORNO, Theodor W. Educação e emancipação. Tradução Wolfgang Leo Maar. 4. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

AHLERT, Alvori. A eticidade da educação: o discurso de uma práxis solidária/universal. Ijuí: Ed. Unijuí, 1999.

ARAÚJO, M. I. O. A dimensão ambiental nos currículos de formação de professores de Biologia. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2004.

______. A universidade e a formação de professores para a educação ambiental. Rev. Bras. de Educação Ambiental, Brasília, n. 0, p. 71-78. nov. 2004.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: Ministério da Educação, 2017. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf>. Acesso em: 29 set. 2020.

______. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP nº 1, de 15 de maio
de 2006. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em
Pedagogia, licenciatura. Diário Oficial da União. Brasília, 16 maio. 2006. Seção 1, p. 11.

______. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP nº 2, de 1º de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Diário Oficial da União. Brasília, 2 jul. 2015. Seção 1, pp. 8-12.

______. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases
da educação nacional. Diário Oficial da União. Brasília, 23 dez. 1996. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm>. Acesso em: 15 dez. 2019.

______. Resolução nº 2, de 15 de junho de 2012. Estabelece as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Diário Oficial da União, Brasília, 2012. Disponível em: <portal.mec.gov.br/dmdocuments/publicacao13.pdf>. Acesso em: 09 jul. 2021.

BOFF, Leonardo. Sustentabilidade: O que é? O que não é?. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 2016.

BOTON, Jaiane de Moraes et al. O meio ambiente como conformação curricular na formação docente. Rev. Ensaio, Belo Horizonte, v. 12, n. 03, p. 41-50. set.-dez. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/epec/v12n3/1983-2117-epec-12-03-00041.pdf>. Acesso em: 12 mar. 2021.

BRETAS, Silvana Aparecida. A atual reformulação do curso de Pedagogia da UFS, segundo as Diretrizes Nacionais Curriculares de Pedagogia/2006. In: FREITAS, Anamaria G. Bueno de; SOBRAL, Maria Neide (Orgs.). História e Memória: o curso de Pedagogia da UFS. São Cristóvão: Editora UFS, 2009. p. 41-53.

CAMBI, Franco. História da pedagogia. Tradução Álvaro Lorencini. São Paulo: Editora Unesp, 1999.

CARNEIRO, Sônia Maria Marchiorato. Fundamentos epistemo-metodológicos da educação ambiental. Rev. Educar, Curitiba, n. 27, p. 17-35, 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/er/n27/a03n27.pdf>. Acesso em: 12 mar. 2021.

DIAS, Genebaldo Freire. Educação ambiental: princípios e práticas. 9. ed. São Paulo: Gaia, 2004.

FLICK, Uwe. Introdução à pesquisa qualitativa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 55. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2017.

GOLDENBERG, Mirian. A arte de pesquisar: como fazer pesquisa qualitativa em Ciências Sociais. 13. ed. Rio de Janeiro: Editora Record, 2013.

KANT, I. Sobre a pedagogia. Tradução de Francisco Cock Fontanella. 2. ed. Piracicaba: Editora Unimep, 1999.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos, para quê?. 12. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

LIMA, Aguinel Messias de; OLIVEIRA, Haydée Torres de. A (re)construção dos conceitos de natureza, meio ambiente e educação ambiental por professores de duas escolas públicas. Rev. Ciência & Educação, v. 17, n. 2, p. 321-337. 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ciedu/v17n2/a05v17n2.pdf>. Acesso em: 12 mar. 2021.

LOUREIRO, Carlos Frederico Bernardo; LAYRARGUES, Philippe Pomier. Ecologia Política, Justiça e Educação Ambiental Crítica: perspectivas de aliança contra-hegemônica. Trabalho, Educação e Saúde, v. 11, n. 1, p. 53-71, 2013.

MODESTO, Mônica Andrade; SANTOS, Tatiana Ferreira dos. Atuação dos educadores ambientais e a (re)construção de sociedades sustentáveis: constructo de uma transformação possível. Revista Brasileira de Educação Ambiental, v. 15, n. 4, p. 528–548, 2020. Disponível em: https://periodicos.unifesp.br/index.php/revbea/article/view/10828. Acesso em: 12 jun. 2021.

MOREIRA, Herivelto; CALEFFE, Luiz Gonzaga. Metodologia da pesquisa para o professor pesquisador. Rio de Janeiro: Lamparina, 2008.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Tradução de Catarina Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

PERRENOUD, Philippe. Escola e cidadania: o papel da escola na formação para a democracia. Tradução de Fátima Murad. Porto Alegre: Artmed, 2005.

RODRIGUES, Daniela Gureski; SAHEB, Daniele. A educação ambiental na educação infantil segundo os saberes de Morin. Rev. Bras. Estud. Pedagog., Brasília, v. 99, n. 253, p. 573-588, set.-dez. 2018. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbeped/v99n253/2176-6681-rbeped-99-253-573.pdf>. Acesso em: 12 mar. 2021.

SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia. 32. ed. Campinas: Autores Associados, 1999.

SCHMITZ, Egidio Francisco. O Pragmatismo de Dewey na educação: esboço de uma filosofia da educação. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1980.

SERGIPE. Secretaria de Estado da Educação. Currículo de Sergipe: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Governo do Estado de Sergipe, Aracaju, SE, 2019. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estados/documento_curricular_se.pdf>. Acesso em: 29 set. 2020.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE. Conselho do Departamento de Educação. Projeto Pedagógico do Curso de Pedagogia. Documento que dispõe a implementação de reforma curricular. UFS/DED, 2007.

______. Estrutura Curricular. Disponível em: <http://sigaa.ufs.br/sigaa/link/public/curso/curriculo/12686625>. Acesso em: 11 ago. 2020.

______. Estrutura Curricular. Disponível em: <http://sigaa.ufs.br/sigaa/link/public/curso/curriculo/12686890>. Acesso em: 11 ago. 2020.

______. Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) 2016-2020. São Cristóvão: Universidade Federal de Sergipe, 2016. Disponível em: <https://oficiais.ufs.br/uploads/page_attach/path/1005/PDI-UFS_2016-2020_1_-min.pdf>. Acesso em: 17 set. de 2020.

______. Resolução nº 25/CONEPE, de 2008. Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Pedagogia - Licenciatura do campus São Cristóvão da Universidade Federal de Sergipe e dá outras providências. São Cristóvão, SE, 2008.
Publicado
2021-07-22
Como Citar
Cássia Machado Ribeiro Dantas, & Maria Inêz Oliveira Araújo. (2021). A dimensão ambiental na proposta pedagógico-curricular para a formação de pedagogos e pedagogas. Revista Sergipana De Educação Ambiental, 8(1), 1-18. https://doi.org/10.47401/revisea.v8i1.16065