A Inserção das questões ambientais no Curso de Licenciatura em Química da Universidade Federal de Sergipe

uma síntese

Palavras-chave: Educação Ambiental, Licenciatura em Química, Questões Ambientais, Química Verde, Universidade Federal de Sergipe

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar a síntese de uma série de investigações desenvolvidas entre os anos de 2012 e 2016, e que resultaram em Tese defendida no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe (PPGED/UFS). Na ocasião, a pesquisa teve como fio condutor a seguinte inquietação: Como as questões ambientais estão sendo inseridas no curso de formação de professores de Química na Universidade Federal de Sergipe, Campus São Cristóvão. Posto isso, a investigação fundamentou-se nos pressupostos teóricos da Abordagem Qualitativa, mediante a análise de documentos e de registros em áudios obtidos juntos aos docentes do quadro efetivo do Departamento de Química da UFS. A análise do material permitiu elaborar 5 categorias analíticas: Ambientalização Curricular; Problemas Ambientais; Desenvolvimento Sustentável; Educação Ambiental e Química Verde, cujos principais resultados serão sinteticamente apresentados a seguir.

Biografia do Autor

Angelo Francklin Pitanga, Instituto Federal de Sergipe/Campus Lagarto- Sergipe.

Licenciado e Mestre em Química; Doutor em Educação. Professor do Instituto Federal de Sergipe/Campus Lagarto-Sergipe.

Referências

ARAÚJO, M.F.F.; PEDROSA, M.A. Desenvolvimento Sustentável e as concepções de professores de biologia na formação inicial. Revista Ensaio, v. 16, n. 2, p. 71-83, mai./ago., 2014.

BECK, U. Sociedade de Risco: Rumo a uma outra modernidade. 2 ed. São Paulo: Editora 34, 2011.

BRASIL, Ministério da Educação, Parâmetros Curriculares Nacionais: Introdução aos Parâmetros Curriculares Nacionais, Secretária de Educação Fundamental, Brasilia, 1997.

LEFF, E. Racionalidade Ambiental: A reapropiação social da natureza. 1 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.

LOUREIRO, C.F.B. Educação Ambiental Transformadora. In. LAYRARGUES, P.P (Coor). Identidades da Educação Ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, p. 65-84, 2004.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M.E.D.A. Pesquisa em Educação: Abordagens Qualitativas. 13 reimp. São Paulo: Pedagógica e Universitária, 1986.

MARQUES, C.A.; SILVA, R.M.G.; GONÇALVES, F.P.; FERNANDES, C.S.; SANGIOGO, F.A.; REGIANE, A.M. A abordagem de Questões Ambientais: Contribuições de formadores de professores de componentes curriculares da área de ensino de química. Química Nova, v. 36, n. 4, p. 600-606, 2013.
MORAES, R.; GALIAZZI, M.C. Análise Textual Discursiva, 2 ed. Ijuí: Unijuí, 2011.

MORIN, E. Educação e Complexidade: Os sete saberes e outros ensaios. 4 ed. São Paulo: Cortez, 2007.

PITANGA, A.F. A inserção das Questões Ambientais no Curso de licenciatura em Química da Universidade Federal de Sergipe. 2015, 200f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.

________, Crise da Modernidade, Educação Ambiental, Educação para o Desenvolvimento Sustentável e Educação em Química Verde: (Re)pensando paradigmas, Revista Ensaio, Belo Horizonte, v. 18, n. 3, p. 141-159, set./dez., 2016.

PITANGA, A.F.; NEPOMUCENO, A.L.O.; ARAÚJO, M.I.O. Entendimento e Práticas de ensino de Professores Universitários em Educação Ambiental, Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, v. 34, n. 1, p. 270-289, jan./abr., 2017.

PORTILHO, F. Sustentabilidade Ambiental, consumo e cidadania. 2 ed. São Paulo: Cortez, 2010.

SÁ, P.A.P. Educação para o Desenvolvimento Sustentável no 1º CEB: Contributos da formação de professores. 2008, 474f. Tese (Doutorado em Didáctica) – Departamento de Didáctica e Tecnologia Educativa da Universidade de Aveiro, Aveiro, 2008.

SCHNETZLER, R.P. Apontamentos sobre a história do ensino de química no Brasil. In. SANTOS, W.L.P.; MALDANER, O.A. (Org.). Ensino de Química em Foco. 1ª ed. Ijuí: Unijuí, p. 51-76, 2010.

TRISTÃO, M.A. Educação Ambiental e a emergência de uma cultura sustentável num cenário da globalização. Revista Internacional Interdisciplnar Interthesis, Florianópolis, v. 9, n. 1, p. 207-222, jan./jul., 2012.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE. Conselho do Ensino, da Pesquisa e da Extensão. Resolução n. 202/2009, de 18 de dezembro de 2009. Aprova alterações no Projeto Politico Pedagógico do Curso de Graduação em Química Habilitação em licenciatura. UFS, São Cristóvão, 2009.

WCED, Word Comission on Environment and Development. Our Commom Future, 1987. Disponível em: http://www.un-documents.net/our-commom-future.pdf. Acessado em: 29 de jun. 2015.
Publicado
2022-06-27
Como Citar
Angelo Francklin Pitanga. (2022). A Inserção das questões ambientais no Curso de Licenciatura em Química da Universidade Federal de Sergipe: uma síntese. Revista Sergipana De Educação Ambiental, 8(2), 1-11. https://doi.org/10.47401/revisea.v8i2.17621