A dimensão ambiental no contexto da educação de jovens e adultos: o que pensam os docentes?

  • Viviane Almeida Rezende

Resumo

Este artigo apresenta um recorte de uma pesquisa1 que
teve como objetivo compreender as concepções sobre a dimensão
ambiental que orientam as práticas de docentes que atuam
na Educação de Jovens e Adultos (EJA) de uma escola pública de
Sergipe. A pesquisa, de natureza qualitativa, teve como principal
instrumento de coleta de dados uma entrevista semiestruturada.
A partir das análises feitas, pode-se identificar que, apesar
de os docentes reconhecerem e buscarem inserir a dimensão
ambiental na EJA, este processo perpassa, ainda, pela superação
de diversas questões de ordem política, institucional, ideológica
e epistemológica, incluindo não somente uma formação
socioambiental adequada para os professores e professoras, mas
também a necessidade de se repensar a EJA, buscando ressignificá-
la a partir das especificidades dos seus sujeitos.
Palavras-chave: Dimensão ambiental na educação, práticas pedagógicas,
concepções de docentes.

Biografia do Autor

Viviane Almeida Rezende
Licenciada em Ciências Biológicas, Especialista em Educação Ambiental; Mestre em Educação; Professora da rede estadual de ensino de Sergipe; Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Ambiental de Sergipe (GEPEASE/UFS) e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Científica (GEPEC/UFS).
Publicado
2015-11-08
Como Citar
Rezende, V. A. (2015). A dimensão ambiental no contexto da educação de jovens e adultos: o que pensam os docentes?. Revista Sergipana De Educação Ambiental, 2(1), 145-176. https://doi.org/10.47401/revisea.v2i1.4449