A METODOLOGIA DA PROBLEMATIZAÇÃO NA FORMAÇÃO DE REEDITORES AMBIENTAIS: CONCEITOS, CONTEXTOS E POSSIBILIDADES

  • Luiz Ricardo Oliveira Santos
  • Rosemeri Melo e Souza
  • Jailton de Jesus Costa

Resumo

A metodologia da problematização parte da observação
da realidade concreta de determinada comunidade e culmina em intervenções que gerem uma resposta positiva à situação observada, modificando a visão dos discentes envolvidos no processo, instigando ações de cidadania. O presente estudo tem por objetivo discutir a relação entre a metodologia da problematização e a formação de reeditores ambientais. Para tanto, foram realizados levantamentos bibliográfico e documental, sendo consultadas políticas ambientais e educacionais, livros e artigos digitais e analógicos. Os educandos formados por esse processo podem se tornar reeditores ambientais ao passo que são estimulados a interagir com os aspectos socioambientais das comunidades, adaptando o conhecimento construído ao longo da formação à sua realidade. Assim, observa-se as múltiplas dimensões da Educação frente à formação ativa dos educandos e à construção de sociedades sustentáveis.

Biografia do Autor

Luiz Ricardo Oliveira Santos

Licenciado em
Ciências Biológicas e Mestrando em Ensino das
Ciências Ambientais pela Universidade Federal
de Sergipe (UFS). Pesquisador vinculado ao Grupo
de Pesquisa em Geoecologia e Planejamento
Territorial (Geoplan/CNPq/UFS) e ao Grupo
de Pesquisa e Ensino em Ciências Ambientais
(GPECIAMB/UFS).

Rosemeri Melo e Souza

Doutora em Desenvolvimento
Sustentável pela Universidade de
Brasília. Docente da Universidade Federal de
Sergipe, lotada no Departamento de Engenharia
Ambiental e Sanitária, vinculada aos Programas
de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio
Ambiente (PRODEMA), Geografia (PPGEO) e
Engenharia e Ciências Ambientais (PPGECIA).
Líder do Geoplan/CNPq/UFS.

Jailton de Jesus Costa

Doutor em Geografia.
Docente da Universidade Federal de Sergipe,
lotado no Colégio de Aplicação. Professor do
PROF-CIAMB/UFS e PRODEMA/UFS. Pesquisador
do Geoplan/CNPq/UFS.

Publicado
2018-09-10
Como Citar
Santos, L. R. O., Souza, R. M. e, & Costa, J. de J. (2018). A METODOLOGIA DA PROBLEMATIZAÇÃO NA FORMAÇÃO DE REEDITORES AMBIENTAIS: CONCEITOS, CONTEXTOS E POSSIBILIDADES. Revista Sergipana De Educação Ambiental, 5(1), 9 - 18. https://doi.org/10.47401/revisea.v5i1.9795