O imaginário cristão em Dora Ferreira da Silva: a arte de tecer e pintar um anjo

  • Enivalda Nunes Freitas e Souza Universidade Federal de Uberlândia

Resumo

Resumo: A poeta Dora Ferreira da Silva, sempre ligada ao universo helênico, conserva ao longo de sua trajetória poética e ensaística elementos vivos do imaginário cristão. Neste estudo, elejo os poemas "Do Arcanjo" e "Anjo Músico I", em que a poeta erige a figura do Anjo para exprimir o Mistério da vida. Na atitude celebratória destes poemas, DFS é irmanada a poetas místicos e a Rainer Maria Rilke que, de igual modo, comungam com uma feição profética da arte. Como aporte teórico, recorro ao estudo de DFS e Hubert Lepargneur, sobre o poeta místico Angelus Silesius, e à tradução seguida de comentário por DFS a Elegias de Duíno. Palavras-chave: Dora Ferreira da Silva; Poesia mística; Rilke; Anjo. Abstract: The poet Dora Ferreira da Silva has always been linked to helenic universe. Throughout her poetic and essaying journey, she keeps alive some elements of the Christian imaginary. This study focuses on two poems "Do Arcanjo" and "Anjo Músico I" which represents how the poetry is opened to the mystic in order to convey the Mystery of life. In the spiritual expression of human interiority, Dora Ferreira da Silva is similar to mystic poets and to Rainer Maria Rilke. They all take part in a prophetic aspect of art. As theoretical basis, it is used the study by Dora Ferreira Silva and Hubert Lepargneur about the mystic poet Angelus Silesius and the translation followed by Dora Ferreira Silva's comentary in Elegias de Duíno. Keywords: Dora Ferreira da Silva; mystic poetry; Rilke; Angel; Cowper.
Publicado
2021-01-25
Como Citar
Souza, E. N. F. e. (2021). O imaginário cristão em Dora Ferreira da Silva: a arte de tecer e pintar um anjo . Revista Humanitae, 1(1), 32 - 39. Recuperado de https://seer.ufs.br/index.php/revistahumanitae/article/view/15151