Education in times of change: the contributions of the laboratory project for the new times (PLNT)

  • Gilvando Inácio de Oliveira Centro de Investigação em Educação da Universidade da Madeira, Funchal, Portugal.
  • José Paulo Gomes Brazão Centro de Investigação em Educação da Universidade da Madeira, Funchal, Portugal. http://orcid.org/0000-0003-3575-4366
Palavras-chave: Learning. Technological mediation. Empowerment. Pedagogical practices. Pedagogical innovation.

Resumo

This article aims to report the possibilities of change in school practices of the Project Laboratory of New Times - (PLNT), linked to the formative actions of the NGO - CEAP (Centre for Studies and Pedagogical Advice), based in Salvador da Bahia. The Laboratory is dedicated to the construction of innovative methodologies, appropriating itself to a pedagogical practice centred on creativity, protagonism, self-didacticism, problem-solving capacity and autonomy in students' learning. We used a qualitative methodology. It was found that the project's formative actions broke the traditional practices and played an active role in the socio-political reality of the students, connecting all pedagogical actions with global events. The pedagogical action of learning with technological mediation, valued the students' socio-educational context and their possibilities of emancipation.

Biografia do Autor

Gilvando Inácio de Oliveira, Centro de Investigação em Educação da Universidade da Madeira, Funchal, Portugal.
José Paulo Gomes Brazão, Centro de Investigação em Educação da Universidade da Madeira, Funchal, Portugal.

José Paulo Gomes Brazão  é Professor Auxiliar da Universidade da Madeira, na Faculdade de Ciências Sociais. É pós-doutorando em Educação e Diversidade na Universidade Federal de Sergipe (Brasil). Concluíu o doutoramento em Educação - Inovação Pedagógica em 2008, na Universidade da Madeira, e o mestrado em Psicologia Educacional em 2000, no ISPA. É Membro do Centro de Investigação em Educação CIE-UMa. Publica na área da Inovação Pedagógica. Mantém interesse em pesquisas sobre invariantes culturais; Estudos sobre género nos contextos escolares; Estudos etnográficos em educação; Estudos sobre o uso da tecnologia e das ferramentas da Internet em contextos de aprendizagem. Tem orientado dissertações de mestrado e teses de doutoramento e tem participado em júris de mestrado e doutoramento em Inovação Pedagógica. Desenvolve atualmente estudos em Educação e Diversidade, Tecnologias de género e estudos Queer. Foi diretor do curso de mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do EB, entre 2010 e 2018. Iniciou a sua atividade docente em 1985 como professor do 1º Ciclo do Ensino Básico. Foi professor de Educação Especial entre 1990 e 2000.

ORCID: http://orcid.org/0000-0003-3575-4366

Referências

Ardoino, J. (1971). Psicologia da educação: na universidade e na empresa. HerderEdusp.
Amazonas, E. ( Entrevista 19 out. 2017]. Assistente Social no Centro de Estudos e Assessoria Pedagógica- CEAP, docente no Curso de Serviço Social na UNIME, diretora tesoureira no Conselho Regional de Serviço Social- CRESS/ Bahia, integrante do grupo de formadores/assessores em Mediação de Conflitos Escolares pela ELOS. Entrevistador: Entrevistador: Gilvando Inácio de Oliveira. Salvador.
Brazão, P. (2008). Weblogs, aprendizagem e cultura da escola: um estudo etnográfico numa sala do 1º ciclo do Ensino Básico. Orientador: Carlos Manuel Nogueira Fino. 2008.314 f.Tese (Doutorado em educação) − Faculdade de Ciências Sociais Universidade da Madeira, Funchal, Portugal. Disponível em: https://digituma.uma.pt/bitstream/10400.13/127/1/DoutoramentoPauloBraz%c3%a3o.pdf. Acesso em: 27 abr. 2017.
Brazão, P. (2011). Tecnologias de informação e comunicação em contexto pedagógico: um olhar sociocultural para o uso dos weblogs. In:Fino, C.N.; Sousa, J.M. (org.). Pesquisar para mudar (a educação). Funchal: Universidade da Madeira. p. 355-367. ISBN: 978-989-95857-3-7.
Brazão, P. (2015). A escola restante e a cultura digital:entre o déjá-vu e os novos ambientes de aprendizagem. In: Fraga, N.; Kot-Kotecki, A.(2015). A escola restante. Funchal: CIE-UMa. p. 209-222. ISBN 978-989-95857-6-8.
Costa, A. Gomes da. (2001). A presença da pedagogia: teoria e prática da ação socioeducativa. 2. ed. São Paulo: Global; Instituto Ayrton Sena. ISBN: 85-260-0643-6.
Damasceno, M. Entrevista [07 dez. 2017]. Entrevistador: Gilvando Inácio de Oliveira. Salvador, 2017.
Delors, J. (2012). Educação um tesouro a descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. Tradução: José Carlos Eufrázio. 7. ed. rev. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: UNESCO. ISBN: 85-249-0673-1.
Fino, C.N. (2007). O futuro da escola do passado. In: FINO, Carlos Nogueira.; SOUSA, José Maria (org.). A escola sob suspeita. ASA. ISBN: 9724150666.
Fino, C.N. (2008a). Inovação pedagógica: significado e campo (de investigação). In: Mendonça, A.; Bento, A. V. (org). Educação em tempo de mudança: liderança, currículo, inovação, supervisão. Colóquio "Educação..." 3, Centro de Investigação do Departamento de Ciências da Educação da Universidade da Madeira. Funchal: CIE-UMa. p. 277-287. ISBN 978-989-95857-0-6.
Fino, C.N. (2009). Inovação e invariante (Cultura). In: Rodrigues, L.; Brazão, P. (org.). Políticas educativas: discursos e práticas Funchal: Grafimadeira. p.192-209.
Fino, C.N. (2011a). Investigação e inovação (em educação). In: FINO, Carlos Nogueira.; Sousa, J. M. (org.). Pesquisar para mudar(a educação). Funchal: Universidade da Madeira - CIE-UMa. pp. 29-48.
Fino, C.N. (2011b). (org.). Etnografia da educação. Funchal: CIE-UMa - Centro de Investigação em Educação. Obra publicada no âmbito do VI Colóquio CIE-UMa. ISBN 978-989-95857-4-4 (brochado).
Fino, C.N. (2015). Quatro ideias sobre a relação entre TIC e currículo. In: Morgado, J.C.; Mendes, G., Moreira, A. F; Pacheco, J. A. (org.). Currículo Internacionalização Cosmopolitismo – Desafios contemporâneos em Contextos Luso-Afro-Brasileirosv. 2. Santo Tirso: De Facto Editores, p. 123-130.
Fino, C.N. (2016). Inovação pedagógica e ortodoxia curricular. Revista Tempos e Espaços em Educação, São Cristóvão, Sergipe, Brasil, v. 9, n. 18, p. 13-22, jan./abr. 2016. ISSN: 1983-6597 (versão impressa); 2358-1425 (versão online). doi:10.20952/revtee.vl9iss17pp13-22.
Freire, P. (1996) Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Paz e Terra. ISBN-13: 978-8577531639.
Freire, P. (2016). Pedagogia do oprimido. 62. ed. Paz e Terra. ISBN-13: 978-8577531646.
Moraes, M.; Navas, J. M. B. (org.). /2010). Complexidade e transdisciplinaridade em educação: teoria e prática docente. Rio de Janeiro: Wak Ed. ISBN-13: 978-8578540883.
Moran, J. (2007). Educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá. Papirus Educação. .ISBN-13:978-8530808358.
Moran, E. (2000). Os sete saberes necessários à educação do futuro. Cortez. ISBN: 9788524917547.
Olivato, B. Depoimento [19 out. 2017]. Pedagogo; Mestre em Educação/UFBA; Diretor do Centro de Estudos e Assessoria Pedagógica/CEAP; Coordenador da Pós-Graduação em Educação da FSBA. Entrevistador: Gilvando Inácio de Oliveira. Salvador.
Olivato, B. (2017). Entrevista [24 nov.2017]. Pedagogo; Mestre em Educação/UFBA; Diretor do Centro de Estudos e Assessoria Pedagógica/CEAP; Coordenador da Pós-Graduação em Educação da FSBA. Entrevistador: Gilvando Inácio de Oliveira. Salvador.
Olivato, B. (2017). Depoimentono grupo focal [14 dez. 2017]. Entrevistador: Gilvando Inácio de Oliveira. Salvador.
Papert, S. (2008). A máquina das crianças: repensando a escola na era da Informática. Tradução: Sandra Costa. Prefácio e notas de Paulo Gileno Cysneiros (edição revisada). Artmed,.224 p. ISBN: 978-85-363-1058-9.
Pascoal, I. (2017). Depoimentono grupo focal. [12 out. 2017]. Aluno. Entrevistador: Gilvando Inácio de Oliveira. Salvador.
Pichetola, M. (2016). Inclusão digital e educação: a nova cultura da sala de aula. Vozes Editora PUC/RJ. 2016. ISBN: 9788532652881.
Santana, R. O. Matos de. (2017). Entrevista [26 out. 2017]. Entrevistador: Gilvando Inácio de Oliveira. Salvador.
Silva, D. (2017). Entrevista [17 nov. 2017]. Educadora Social. Entrevistador: Gilvando Inácio de Oliveira. Salvador.
SILVA, D. (2017). Depoimento no grupo focal [14 dez. 2017]. Entrevistador: Gilvando Inácio de Oliveira. Salvador.
Toffler, A. (1970). Choque do futuro. Lisboa: Edição Livros do Brasil. ISBN: 9789723801965.
Santos, J. E. B. (2020). Cartographic narratives: the teaching of mathematics and ICT. Journal of Research and Knowledge Spreading, 1(1), e11645. http://dx.doi.org/10.20954/jrks1111645
Ogura, Y., & Katsuumi, I. (2008). Setting properties and sealing ability of hydraulic temporary sealing materials. Dental Materials Journal, 27(5), 730–735. https://doi.org/10.4012/dmj.27.730
Nobre, K. M. F., Silva, F. N., & Pereyra, B. B. S. (2020). Treatment of patients with acute respiratory insufficiency due to COVID-19: Invasive and non-invasive mechanical conditions. Journal of Research and Knowledge Spreading, 1(1), e11672. http://dx.doi.org/10.20952/jrks1111672
Lima, L. K. S., Quintiliano Júnior, A. V. B., Zeferino, A. H., & Duarte, A. P. (2020). Adsorption kinetics of Remazol Brilliant Blue R dye from liquid effluents by bovine bone charcoal. Journal of Research and Knowledge Spreading, 1(1), e1111717. http://dx.doi.org/10.20952/jrks1111717
Johann, M. R., & Fensterseifer, P. E. (2021). Giro hermenêutico e outros escritos. Cruz Alta: Ilustração.
Paranhos, L. R. P., Sordi, C., & César, C. P. H. A. R. (2020). Coletâneas em saúde: uma abordagem multidisciplinar. Curitiba: Brazil Publishing. http://dx.doi.org/10.31012/978-65-5861-017-5
Flicklinger, H. G. (2000). Da experiência da arte à hermenêutica filosófica. In: Almeida, C. L. S., Flicklinger, H. G., & Rohden, L. (Orgs.). Hermenêutica filosófica: nas trilhas de Hans-Georg Gadamer. Porto Alegre: EDIPUCRS, p. 27-59.
Matos, F. S., Khoury, R. D., & Valera, M. C. (2020). Revascularização pulpar em dentes permanentes com rizogênese incompleta: evidências científicas e protocolo clínico. In: Paranhos, L. R. P., Sordi, C., & César, C. P. H. A. R. (Orgs.). Coletâneas em saúde: uma abordagem multidisciplinar. Curitiba: Brazil Publishing, p. 174-195. http://dx.doi.org/10.31012/978-65-5861-017-5
Ferreira, L. G. (2010). Professoras da zona rural: formação identidade, saberes e práticas. Dissertação (Mestrado em Educação e Contemporaneidade). Universidade do Estado da Bahia, Salvador, BA, Brasil.
Ferreira, L. G. (2014). Professores da zona rural em início de carreira: narrativas de si e desenvolvimento profissional. Tese (Doutorado em educação). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP, Brasil.
Silva, P. R. S. (2019). Diário de Campo. Belo Horizonte (Minas Gerais), 20 de agosto.
Santos, O. C. (2020). Entrevista. São Paulo (São Paulo), 12 de janeiro.
Publicado
2022-05-08
Como Citar
Oliveira, G. I. de, & Brazão, J. P. G. (2022). Education in times of change: the contributions of the laboratory project for the new times (PLNT). Revista Tempos E Espaços Em Educação, 15(34), e17503. https://doi.org/10.20952/revtee.v15i34.17503