A singularidade na multiplicidade: crianças e tecnologias móveis na escola no contexto da cultura digital

  • Lyana Thédiga de Miranda
  • Monica Fantin

Resumo

O texto discute a relação entre crianças e tecnologias móveis na escola com objetivo de analisar as múltiplas linguagens e multissensorialidades envolvidas no processo de ensino-aprendizagem na perspectiva da mídia- -educação. No contexto de uma investigação sobre o Projeto Um Computador por Aluno (ProUCA) em uma escola pública, desenvolveu-se uma pesquisa com crian- ças, de cunho qualitativo com abordagem metodológica participativa e nuances etnográficas. Tendo como pressuposto os contextos de interação entre educação, comunicação e tecnologias móveis, o artigo discute o modelo um-a-um em diálogo com a noção de ecossistema comunicativo e reflete sobre as possibilidades de uso e apropriação da tecnologia a partir de uma experiência didática desenvolvida com crianças na escola. Por fim, destaca-se a necessidade de pensar as mediações educativas contemporâneas na perspectiva das multiliteracies e de novas metodologias de ensino-aprendizagem.
Como Citar
Miranda, L. T. de, & Fantin, M. (2015). A singularidade na multiplicidade: crianças e tecnologias móveis na escola no contexto da cultura digital. Revista Tempos E Espaços Em Educação, 8(17), 85-98. https://doi.org/10.20952/revtee.v8i17.4516
Seção
Número Temático: Cultura, Formação e Mídia-Educação

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##