“Dois mais dois, quatro! três veis seis, dezoito!”: Representações da escola em História da minha infância

  • Luiz Eduardo Oliveira
  • Kate Constantino Oliveira

Resumo

Algumas representações da escola e da escolarização, bem como de alguns aspectos da história da educação em Sergipe, podem ser vislumbrados em História da minha infância (1954), de Gilberto Amado (18871969). Escrito em Paris (1952) e no Rio de Janeiro (1953), o livro tem a sua gênese contada em seu último capítulo, “Adolescência”, em meio a reflexões do autor quanto à sua produção ensaística, realizada, como seus romances, memórias e poesias, nos intervalos de sua atribulada carreira de jornalista, político e diplomata. Este artigo busca investigar os modos pelos quais a educação era vista e concebida pelo intelectual sergipano, tanto a partir de suas referências históricas quanto em sua própria estrutura textual.
Seção
Artigos Volume 1