Postar, curtir e aprender?:

o uso do Instagram no Ensino de História

  • Andreza S. C. Maynard Universidade Federal de Sergipe

Resumo

Recebido: 20/11/2020

Aprovado: 09/12/2020

Nos últimos anos os celulares, a internet e as redes sociais tem se colocado como fortes elementos concorrenciais de atenção na sala de aula. E ainda que algumas instituições coloquem como norma a proibição dos equipamentos, os alunos continuam conectados ao mundo virtual. Numa tentativa de atrair a atenção dos alunos para as aulas de história, estimar e dar visibilidade à produção das atividades realizadas por eles, foi realizada uma experiência com o uso do aplicativo Instagram no ano letivo de 2019, com alunos de 9º ano e 3º ano, do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe. Esse texto apresenta uma reflexão crítica acerca dessa experiência. A prática consistiu em orientar uma sequência de postagens de imagens com conteúdo histórico, acompanhadas por uma legenda, explicando-as. As postagens foram realizadas no perfil historia_codap, podendo ser acessadas por alunos, comunidade escolar e público mais amplo. A ideia do uso do Instagram e a provocação para que os alunos participassem da aula, tentava retirá-los da posição de passivos, colocando-os inclusive como criadores de um conteúdo digital que envolvia a história.

Palavras-chave: Ensino de História, Instagram, educação básica, História Digital, Brasil.

Publicado
2020-12-25