Era Vargas:

Uma Plutocracia Corporativista Estatal

  • Wallace de Moraes Universidade Federal do Rio de Janeiro

Resumo

Recebido: 17/11/2020

Aprovado: 05/12/2020

Em tempos de retiradas de direitos trabalhistas no Brasil, entendemos que é de fundamental importância resgatar os princípios norteadores que fizeram com que se criasse uma atmosfera favorável para exigências por garantias sociais laborais. O objetivo deste paper é, portanto, colaborar para uma interpretação da Era Vargas em um pilar de grandes lutas sociais que resultaram na criação da CLT. Ademais, é importante destacar que o governo Vargas trabalhou muito mais para garantir os interesses dos empresários do que dos trabalhadores. Por isso, o entendemos como um governo plutocrático. Simultaneamente, foi um governo corporativista estatal em função da centralização do poder em suas mãos e por impor uma organização sindical controlada pelo Estado aos trabalhadores. Nestes termos, reconhecemos a Era Vargas como uma Plutocracia Corporativista Estatal.

Palavras-chave: História do Brasil; Corporativismo estatal; História dos direitos trabalhistas.

Publicado
2020-12-29