A História do Tempo Presente:

reflexões sobre um campo historiográfico

  • Antônio Manoel Elíbio Júnior Universidade Federal da Paraíba

Resumo

Recebido: 16/07/2020

Aprovado: 14/10/2020

A História do Tempo Presente, ao menos desde a criação do Institut d'Histoire du Temps Présent, surgiu como um campo de conhecimento entre os anos de 1978 e 1980, na França, quando o CNRS - Centre National de la Recherche Scientifique começou a patrocinar, sob a liderança de Henry Rousso, os estudos cujos os temas, para o historiador, ainda estavam em curso. Uma história que se propusesse a pensar o “seu próprio tempo”, o passado-presente. Nesse aspecto, evocava duas questões centrais: um marco cronológico que delimitasse o campo de estudo da História do Tempo Presente e um corpus documental com o qual iria trabalhar os historiadores. Esse artigo pretende problematizar o surgimento deste campo de pesquisa, tomando como premissa a História do Tempo Presente como aquela cujas questões afligem o homem real, em uma história que transcorre na vida real.

 Palavras-chaves: periodização; tempo presente; memória; testemunho.

Publicado
2021-05-21