Judeus contra Bolsonaro:

análise de três abaixo-assinados pela democracia e pela afirmação de uma judaicidade plural e democrática

  • Michel Ehrlich Museu do Holocausto de Curitiba

Resumo

Recebido: 07/07/2020

Aprovado: 04/01/2021

O presente artigo analisa um conjunto de três abaixo-assinados online produzidos entre 2017 e 2018 por grupos judaicos contrários a então candidatura de Jair Bolsonaro à presidência da república e sua aproximação com a comunidade judaica brasileira. Sobretudo a partir de sua palestra no clube Hebraica-RJ em abril de 2017, a imagem da comunidade judaica brasileira foi muitas vezes atrelada à figura do ex-militar. Diante disso, grupos de judeus se mobilizaram em diversas ações, entre as quais a divulgação de abaixo-assinados. Além de se juntar à oposição a Bolsonaro e suas declarações preconceituosas e anti-democráticas, a análise desses textos permitiu observar a intenção de disputar os espaços das coletividade judaicas, de afirmar uma judaicidade democrática e de se contrapor à imagem monolítica da comunidade judaica como supostamente bolsonarista.

Palavras-chave: Bolsonaro, judeus, abaixo-assinados.

Publicado
2021-05-21