Entre Reverências e Descontentamentos:

Modernização, Ufanismo e os Embates Na Interventoria de Leônidas de Castro Melo no Piauí (1935 – 1945)

  • José de Arimatéa Freitas Aguiar Júnior Universidade Federal do Piauí
  • Pedro Pio Fontineles Filho Universidade Estadual do Piauí

Resumo

Recebido: 20/08/2021

Aprovado: 15/02/2022

O presente estudo tem como objetivo principal analisar como o projeto modernizador do governo de Leônidas de Castro Melo esteve articulado em construir uma representação ufanista do interventor e do Estado Novo em território piauiense. Ao longo da pesquisa, analisa-se como o governo estadual criou mecanismos na constituição de um “Piauí Novo”, baseados na modernização do espaço urbano e na elaboração de discursos de desenvolvimento do estado amplamente divulgados na imprensa piauiense e articulados com a política nacional centralizadora de Getúlio Vargas. Neste trabalho, foram utilizados jornais que circulavam no Piauí, como o “Diário Oficial” e a “Gazeta”; relatórios da Prefeitura de Teresina, livros de memórias e entrevistas. As categorias teórico-metodológicas adotadas foram modernização, cidade, memória e história oral.

Palavras-chave: História. Modernização. Interventoria de Leônidas de Castro Melo.

Publicado
2022-06-26