v. 9, n. 1 (2018)

jan- jun 2018: Revista Cadernos do Tempo Presente

Editorial

Esta edição dos Cadernos do Tempo Presente segue com sua proposta de reunir discussões e estudos multidisciplinares, com temas destacados nos campos das humanidades. O artigo As concepções de liderança do gestor escolar das escolas públicas da rede estadual em Pernambuco, dos pesquisadores Valter Ramos da Silva e Luiz Alberto Ribeiro Rodrigues, apresenta uma detalhada análise sobre as práticas e experiências relacionadas ao exercício da gestão escolar naquele Estado nordestino, a partir da coleta de dados com vários dirigentes de unidades escolares bem como uma importante reflexão sobre os problemáticas presentes neste contexto. 

Na sequência, Jéferson Silveira Dantas e Jeana Laura Da Cunha Santos trazem o texto A memória social em disputa: os discursos empresariais jornalísticos em tempos de contrarreformas,  apresentando um panorama sobre o papel da imprensa e dos grupos de mídia no Brasil durante o processo de impedimento da Presidente Dilma Rousseff, observando a alocação parcial do noticiário e a manipulação de dados, referências técnicas e análises enviesada, buscando legitimar ou validar os discursos adotados no Legislativo e Judiciário. 

Já o artigo Anorexia na leitura psicanalítica da Revista dos Transtornos Alimentares (2008-2012): uma análise de história sociocultural da doença, de Reynaldo José Loio Alves, segue como um estudo téorico sobre relação da Psicanálise e os tratamentos de Transtornos Alimentares, especificamente da Anorexia, partindo de uma análise dos principais conceitos presentes nesta temática e sua inserção na perspectiva da História das doenças, a partir da ênfase dos estudos culturais. 

Outra contribuição é o texto de Sara Oliveira Farias, Um roteiro de pesquisa: algumas considerações sobre o Movimento de Educação de Base, que destaca a importância histórica e política do Movimento de Educação de Base (MEB),  partindo de uma análise de materiais produzidos na década de 1960,  como relatórios anuais, cartilha, canções, produzidas pela equipe do MEB, no Brasil dos anos de 1960. 

O artigo A recomposição da história política e das ideias a partir da história dos conceitos de Reinhart Koselleck, de Tenner Inauhiny de Abreu, faz uma abordagem acerca das possibilidades teórico-metodológicas e da interação da história política e das ideias para aplicação aos conceitos de Reinhart Koselleck, focando, a partir disso, elementos discursivos da História política e as contribuições levantadas pelo historiador alemão para o campo atual da história do político. 

Em abordagem de uma História do Tempo Presente e das relações internacionais,  Pedro Carvalho Oliveira, em seu artigo Guerra Fria, terra seca: o “perigoso” Nordeste brasileiro sob o olhar da CIA e da imprensa estadunidense no alvorecer dos anos 1960, examina a visão construída pela Agência Central de Inteligência e pela imprensa dos Estados Unidos sobre o Nordeste brasileiro entre o período de 1959 e 1964, no contexto da Guerra Fria e dos receios posteriores à Revolução Cubana, além das preocupações do bloco capitalista com a possível amplitude de movimentos comunistas na América Latina e as consequentes ações para construção de políticas em torno da região nordestina brasileira. 

Por sua vez, o artigo O neoliberalismo chileno (1973-1990) e seus desafios à integração sul-americana dos anos 1980, de Rafael Macedo da Rocha Santos, aborda as estruturas e mecanismos do modelo econômico chileno adotado por Pinochet e sua singularidade em comparação às demais ditaduras militares da América do Sul. O autor discute a efetivação da política neoliberalismo chilena e como essa contribuiu para a formação pós-redemocratização de um país com características distintas do restante da América Latina, com maior aproximação com potências europeias e asiáticas e um sensível afastamento dos países do Mercosul. 

Encerrando a edição, temos o texto A pesquisa em história da educação: uma revisão de literatura, de Osnar da Costa e Leonardo Salviano, que desenvolve uma reflexão sobre a pesquisa em História da Educação, centrando sua análise sobre a historiografia da educação brasileira e seus respectivos métodos investigativos em relação as suas fontes, métodos e práticas. Os autores propõem, a partir desta discussão, apresentar obras destacadas, os pesquisadores e suas contribuições para essa temática no âmbito do desenvolvimento educacional do país.

 

Desejamos boa leitura a todos.

Os Editores.

 

Sumário

Artigos

Valter Ramos da Silva, Luiz Alberto Ribeiro Rodrigues
PDF
03-14
Jéferson Silveira Dantas, Jeana Laura Da Cunha Santos
PDF
15-26
Reynaldo José Loio Alves
PDF
27-44
Sara Oliveira Farias
PDF
45-54
Tenner Inauhiny de Abreu
PDF
55-63
Pedro Carvalho Oliveira
PDF
64-81
Rafael Macedo da Rocha Santos
PDF
82-91
Osnar da Costa, Leonardo Salviano
PDF
92-106