“Com a imprensa e com tudo”: de João Goulart (1961-1964) a Dilma Rousseff (2015-2016), o papel da mídia na descredibilização da política

  • Regina Célia Daefiol

Resumo

Este artigo analisa a atuação da imprensa no processo de desestabilização do governo João Goulart, que culminou no golpe de 1964, e durante o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Demonstramos que nos dois períodos a mídia construiu uma narrativa para legitimar a derrubada de presidentes constitucionalmente empossados. Abordamos também a ascensão da extrema direita, a partir do discurso de descredibilização da política, e a volta dos militares ao centro do poder enquanto permanências do passado autoritário no tempo presente.

Publicado
2021-08-31
Seção
Artigos