Governo Cardoso (1995-2002) e Governo Lula (2003-2010)

Homologia entre Trajetórias dos Ministros e Crenças Econômicas Estatais Vigentes

  • Maria Chaves Jardim
  • Tiago Rosa Unesp

Resumo

Os governos Cardoso (1995-2002) e Lula (2003-2010) constituem momentos marcantes da história social, política e econômica contemporânea do Brasil. O artigo busca explorar o tema, a partir do estudo da biografia de 151 ministros que atuaram entre 1994 e 2010 nas pastas titulares. Após apresentar uma cartografia do perfil de todos os ministros, por meio de diversas variáveis, o artigo dá destaque para
três delas: ocupação dos pais e avós dos ministros, universidade pelas quais passaram e a circulação internacional desses. Buscamos identificar se existe homologia entre a trajetória individual dos ministros e
as crenças econômicas vigentes do período. Inspira-se na sociologia de P. Bourdieu e faz uso da Prosopografia. Os resultados indicam existir homologia entre as trajetórias individuais dos ministros e as crenças econômicas vigentes do período, expressa, sobretudo, a partir de crenças neoliberais ou desenvolvimentistas, divulgadas nas universidades pelas quais passaram, em formato de teoria econômica.

Biografia do Autor

Maria Chaves Jardim

Professora Livre Docente em Sociologia Econômica do Departamento de Ciências Sociais da UNESP de Araraquara e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da FCLar.

Tiago Rosa, Unesp

Mestre em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da Unesp de Araraquara. Pesquisador do Núcleo de pesquisa sobre Sociedade, Poder, Organização, Emoção e Mercado (NESPOM)

Publicado
2021-07-12
Seção
ARTIGOS