Ressignificando Bandeiras e Narrativas: política, performance e estética sob a ótica dos movimentos culturais da juventude na cidade de Maceió/AL

  • João Bittencourt UFAL

Resumo

O artigo busca problematizar os sentidos de “militância” e “engajamento político” articulados por jovens que participam de coletivos e grupos culturais na cidade de Maceió-Alagoas. Partimos da hipótese de que as estratégias de ação política construídas pelos jovens cada vez mais se pautam por aspectos locais e estão conectadas com os desafios enfrentados por esses agentes cotidianamente, o que tem provocado tensões e reconfigurações nas maneiras como se organizam para transformar a realidade social. Os dados que fundamentam esta discussão foram extraídos de três entrevistas e duas incursões etnográficas realizadas
no ano de 2018. Se a primeira técnica de coleta permitiu a captura de camadas mais profundas dos sentidos articulados pelos interlocutores, a segunda forneceu elementos para um melhor entendimento das estratégias desenvolvidas pelos coletivos.

Biografia do Autor

João Bittencourt, UFAL

Doutor em Ciências Sociais. Professor do curso de Ciências Sociais e dos Programas de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia Social da Universidade Federal de Alagoas.
E-mail: joao.bittencourt@ics.ufal.br

Publicado
2021-07-12
Seção
ARTIGOS