Norte e Sul como Referências para uma Ciência Social global: Transdisciplinar, Antiutilitarista e Pós-Colonial

  • Paulo Henrique Martins

Resumo

O diálogo entre intelectuais do Sul Global e do Norte Global, hoje, é fundamental para uma crítica teórica geral do sistema de poder mundial. Esse diálogo precisa considerar três pontos: uma perspectiva transnacional – para além do eurocentrismo e das escolas nacionais e coloniais –, um discurso transdisciplinar – englobando as diversas disciplinas científicas nas áreas das ciências humanas e também dos estudos sobre a natureza–, e uma articulação estreita entre teoria e prática, entre sabe- res científicos e mobilizações coletivas, que resgate o papel das experiências na construção das ideias. No entanto, esse diálogo ainda permanece limitado por várias dificuldades que reprodu- zem mecanismos de colonialidade e de classificação dos saberes globais.

Publicado
2017-10-31
Como Citar
Martins, P. H. (2017). Norte e Sul como Referências para uma Ciência Social global: Transdisciplinar, Antiutilitarista e Pós-Colonial. Revista TOMO. https://doi.org/10.21669/tomo.v0i0.7649
Seção
Artigos