O Lugar do Interculturalismo nas Políticas Imigratórias em Portugal e Espanha

  • Marcelo Ennes
  • Natalia Ramos
  • Belén Suaréz

Resumo

A questão central deste artigo refere-se ao lugar do intercultura- lismo nas políticas de integração e gestão da diversidade produ- zida pelos imigrantes em Portugal e na Espanha nos primeiros anos do século XXI. Nosso objetivo principal foi conhecer como o interculturalismo, em sua polissemia, ganhou materialidade em avanços e recuos de normas e práticas desenvolvidas por órgãos governamentais visando a gestão da diversidade. Procuramos também conhecer a perspectiva de outros atores sociais, como representantes de associações ligadas ao tema da imigração. A pesquisa que deu origem ao artigo foi desenvolvida com base em pesquisa bibliográfica e documental, entrevistas qualitati- vas com base em roteiro pré-estruturado e observação direta. Os dados e os argumentos apresentados neste artigo permitem sustentar que se não é a solução definitiva para os problemas de racismos e xenofobia contra imigrantes, o interculturalismo tem sido um avanço no que diz respeito às políticas de imigração e integração do imigrante quando comparada, por exemplo, às políticas baseadas na ideia de assimilação.
Publicado
2018-03-31
Seção
Artigos