COLETIVOS JUVENIS E PARKOUR NO BRASIL: PERCURSOS INTERCULTURAIS E IDENTIDADES

  • Valéria Silva

Resumo

Este trabalho problematiza os achados de estudo de campo realizado junto a coletivos juvenis de Teresina-PI-Brasil, mais especificamente junto aos jovens praticantes de Parkour, utilizando-se da etnografia, da entrevista grupal e da fotografia. Os resultados apontam a positividade dos coletivos e culturas juvenis para as sociabilidades partilhadas e identidades construídas em contextos de interculturalidade local-global, apontando para a caracterização dos processos identitários juvenis como relacionais, fluidos e abertos.
Publicado
2012-12-01
Seção
Artigos