[1]
R. Wilson Lima, “Di Kamaradas a Irmons: o rap cabo-verdiano e a (re)construção de uma identidade de resistência”, TOMO, nº 37, p. 47-88, jul. 2020.